Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Conhecer o que é nosso / Passatempo Ecoemotion

 Fotos: Graziela Costa

 

Cada vez mais devemos dar valor ao que é nosso, até porque se não formos nós a puxar pelo nosso país quem será? Os artigos de cortiça são cada vez mais falados e têm um design cada vez mais bonito e funcional. Nos últimos anos tenho visto vestuário, acessórios decorativos, de mesa, escolares, etc e há uns tempos atrás conheci a Ecoemotion, uma empresa que comercializa este tipo de produtos. Dando uma vista de olhos pelo site rapidamente me apaixonei pelas suas agendas, porque apesar de já haverem tantas agendas online e assim, eu gosto é mesmo de escrever na agenda, e quando acaba o ano, guardá-la para mais tarde recordar.

 

Apesar de já estarmos a meio do ano, adoptei uma nova agenda e que bem que ela fica na minha secretária. Como sei que vocês também gostavam de ter uma, falei com a Ecoemotion e eles têm uma agenda igual à da foto para oferecer a um(a) leitor(a) do Vida de Desempregada.

 

Para se habilitarem só têm de preencher  as entradas do formulário abaixo (atenção, que há entradas obrigatórias e se não as cumprirem serão desclassificados).

 

Este passatempo só é válido para residentes em Portugal e termina a 14 de Julho à meia noite.

 

a Rafflecopter giveaway

 

Graziela

Novos experimente grátis: Dentastix Fresh e Asti Gancia

Novo experimente grátis: Dentastix Fresh, mais informações aqui. Promoção válida até dia 5 de Julho. Ah, podem ainda acumular com o vale de 1 euro que a Pedigree oferece aqui.

 

 

Acho que a minha Júlia vai adorar!

 

 

Novo experimente grátis: Asti Gancia. Mais informações aqui.

 

Suspeito que vou fazer uma festa!

Graziela

Visita às caves Ramos Pinto - Vila Nova de Gaia

 Fotos: Graziela Costa

 

Com o fim de semana à porta deixo-vos uma sugestão para um belo passeio. Uma visita às caves do vinho do Porto, uma experiência que eu tive a oportunidade de usufruir no dia dos meus anos, mas que só agora consigo partilhar convosco. 

 

Há uns meses atrás preparei algumas receitas com vinho do Porto, o Lágrima da Ramos Pinto e gentilmente eles convidaram-me para uma visita às suas caves. Como fui ao Nos Primavera Sound, aproveitei a viagem e passei também por estas caves para conhecer um pouco da história por trás destes vinhos.

 

Eu e a Daniela (a minha amiga que me acompanhou nesta visita) chegámos às caves, em Gaia, cerca das 11h da manhã e já tínhamos à nossa espera a Regina, que foi a nossa anfitriã nesta visita ao núcleo museológico da Ramos Pinto.

 

Ao longo da visita foi-nos mostrado todo o espólio histórico e artístico desta companhia, fundada em 1880 por Adriano Ramos Pinto, que à data da fundação da empresa tinha apenas 21 anos. 

 

Durante a visita tivemos oportunidade de ver alguns dos cartazes publicitários dos vinhos Ramos Pinto, artigos de merchandising (bastante raros para a época), peças de arte e os antigos escritórios.

 

 

 

 

 

 

 

Para além disso, ficámos a conhecer os diferentes vinhos do Porto, como por exemplo o LBV e o Vintage, cujas uvas ainda são pisadas nos lagares tradicionais. Já os outros vinhos são elaborados no centro de vinificação da Quinta do Bom Retiro e tal como os anteriores vêm para estas caves fazer o seu processo de envelhecimento.

 

 

 

 

No final da visita tivemos a oportunidade de experimentar dois vinhos do Porto reserva, um tinto e um branco, mas como ainda era cedo e o dia ia ser longo, encomendámos uma tábua de queijos, um autêntico manjar!

 

As visitas às caves Ramos Pinto (Av. Ramos Pinto, nº 400 - Vila Nova de Gaia ) decorrem de:

Maio > Outubro: 10h às 18h (todos os dias)

Abril: 10h00 às 18h00 (Segunda a Sexta-feira, excepto Feriados) 

Novembro  > Março: 9h às 17h00 (Segunda a Sexta-feira, excepto Feriados). 

 

Já agora, gostaria de agradecer à minha amiga Daniela por me acompanhar e à Ramos Pinto pelo convite, pois esta era uma experiência pela qual ansiava há muito. 

 

PS: Podem consultar as receitas que fiz com vinhos Ramos Pinto aqui e aqui.

 

 

Graziela

A melhor prenda do mundo: Fujifilm Instax Mini 8

 Fotos: Graziela Costa | Pregadeira: Felt On Felt

 

Por altura dos meus anos chegou-me às mãos a nova Fujifilm Instax Mini 8 e quem me conhece sabe que eu adoro fotografia instantânea (até tenho um projecto chamado "The Road", que desenvolvo desde 2009), por isso esta máquina foi o melhor presente que podia receber!

 

A Fujifilm Instax Mini 8 está disponível em cinco cores (preto, azul, rosa, amarelo e branco), tem um design super feminino, é leve e as suas recargas encontram-se à venda na maioria das grandes lojas e até mesmo online, o que faz com que seja possível andar mais vezes com a máquina e não guarda-la só para momentos mais especiais, já que a fotografia instantânea é isso mesmo: captar instantes.

 

Uma das coisas que mais gosto nesta máquina também é o facto de dizer a numeração das fotos, pois a minha outra máquina não diz quantas fotos já tirei e uma vez, quando estava em Paredes de Coura e ia fotografar os Palma Violets acabaram-se os filmes e eu não tinha mais cartuchos. Se soubesse quantas fotos já tirado isso não tinha acontecido. Hi 5 para esta nova máquina!

 

Como o Verão está aí à porta, tenho levado esta menina para todo o lado, até já a levei para um editorial e estou ansiosa por vos mostrar as fotos, mas por enquanto veem só a Júlia (cadela) que também gosta de ser modelo de vez em quando.

 

Já agora, eu tenho por hábito dar nomes às minhas máquinas fotográficas, têm alguma sugestão para esta azulinha (até combina com o logo do blog)?

 

Graziela

CineConchas 2014

 

 

Desde que vim para Lisboa que ouço falar no CineConchas, mas só fui pela primeira vez, no ano passado. O espaço é muito agradável e lembra um pouco o antigamente quando se viam os filmes em cinemas improvisados. Este ano a programação é bastante variada e apela a todas as idades. O melhor, é grátis, e podem sempre levar os vossos cães. 

 

Programação completa do CineConchas 2014:

26 de Junho: Persépolis, de Marjane Satrapi (M/12)

27 de Junho: Os Mestres da Ilusão, de Louis Leterrier (M/12)  

28 de Junho: Gru – O maldisposto 2, de Pierre Coffin e Chris Renaud (M/6)

3 de Julho: Her - Uma História de Amor, de Spike Jonze (M/16)

4 de Julho: Os Falsificadores, de Stefan Ruzowitzky (M/12Q)

5 de Julho: A Gaiola Dourada, de Ruben Alves (M/12)

10 de Julho: A Caça, de Thomas Vinterberg (M/12)

11 de Julho: Gravidade, de Alfonso Cuarón (M/12)

12 de Julho: Os Croods, de Kirk de Micco e Chris Sanders (M/6)

 

Todas as sessões começam às 21h45. Entrada livre.

 

Autocarros: 736, 717, 796

Metro: Quinta das Conchas

Graziela

Receitas rápidas: Wrap de cogumelos

Fotos: Graziela Costa

 

Ontem falei-vos da minha experiência com o Eco Gumelo e hoje, partilho convosco uma receita com a minha pequena colheita de cogumelos. Decidi fazer wraps de cogumelos, pois quando fui ao Nos Primavera Sound experimentei uns hambúrgueres de cogumelos fantásticos. Como não sabia a receita, guiei-me pelo meu paladar e tentei fazer algo parecido, mas numa versão wrap. Aproveitei também para experimentar alguns produtos novos como as novas combinações da Margão, o Wrap kit que trouxe da semana asiática do Lidl, o kaviar transmontano (paté de azeitona) dos Doces da Puri e uma versão de queijo Vaquinha que ainda não tinha provado (queijo com pouco sal, pois apenas leva sal na côdea para curar).

 

Para além disso, aproveito para vos mostrar o prato da Zara Home, que a minha mãe me ofereceu de prenda de anos. É lindo, não é?

 

Já agora, vocês costumam fazer wraps?

 

Ingredientes

1 Wrap kit Lidl

1 mão cheia de cogumelos (Eco Gumelo)

Kaviar transmontano qb. (Doces da Puri)

Queijo Vaquinha ralado

2 colheres de sopa de Azeite São Mamede

Margão Segredos Alho e Salsa qb.

Sal qb. (Rui Simeão - Tavira Sal)

 

Preparação

1. Lave os cogumelos e parta em bocadinhos bem pequeninos.

2. Numa frigideira refogue os cogumelos em azeite.

3. Tempere com sal e Margão Segredos Alho e Salsa qb.

4. Estenda o wrap e com ajuda de uma colher deite os cogumelos ao centro.

5. Acrescente um pouco de kaviar transmontano (paté de azeitona).

6. Enrole o wrap.

7. Rale um pouco de queijo por cima do wrap e sirva.

 

PS: Agora também já podem ver todas as receitas no Pinterest do Vida de Desempregada. Espreitem aqui.

 

 

 

 

 

 

 

Graziela

Gumelo: a aventura dos cogumelos mágicos

 Fotos: Graziela Costa

 

Lembro-me de um dia estar em casa ao computador com a televisão ligada num daqueles programas da tarde e ouvir falar em Eco Gumelo, não sei porquê, mas o nome chamou-me a atenção e conforme me virei, vi uma caixa que deitava cogumelos. Que estranho! Decidi então pesquisar sobre o assunto na internet e descobri o Eco Gumelo que me permitia produzir em casa, cogumelos da espécie Pleurotus ostreatus, a partir de borra de café, uma coisa simples e que pareceu económica. Mas como iam nascer cogumelos de borras de café? Ora, o Eco Gumelo é um substrato ecológico para produção de cogumelos em casa.

 

Nas última semanas tenho vindo a acompanhar o crescimento do meu Eco Gumelo e decidi partilhar a minha experiência convosco.

 

Para começar, basta abrir, vaporizar  o Eco Gumelo e coloca-lo num sitio onde não apanhe luz directa do Sol. Depois só temos de vaporizar duas vezes por dia e ao fim de 10 a 20 dias o nosso Eco Gumelo está pronto a colher.

 

Depois de colhidos, os cogumelos podem ser cozinhados frescos ou guardados no frio por alguns dias. Como não têm aditivos nem conservantes e são biológicos, podemos cozinha-los de qualquer maneira. O melhor é que têm um elevado valor nutritivo, são ricos em proteínas e ajudam a reduzir o colesterol, a prevenir doenças cardiovasculares e a reforçar o sistema imunitário.

 

Para além disso, cada caixa pode fazer até três ciclos de cogumelos e depois torna-se num resíduo biodegradável de impacto reduzido para o ambiente.

 

Eu espero ansiosamente pelo segundo ciclo de cogumelos, mas antes disso ainda vou partilhar convosco uma receita com estes cogumelos.

 

 

 

 

 

Graziela

Eventos grátis para este fim de semana

Para preparar a chegada do Verão, a TSF organizou um evento muito especial e assim, hoje às 22h, a Rita Redshoes e os MESA vão actuar no Terreiro do Paço (Lisboa). A entrada é livre.

 

Já agora, nos próximos tempos a Rita Redshoes vai estar a dar concertos pelas Fnacs de todo o país. Aqui ficam as datas

 

21/06 SAB 18H30 CASCAISHOPPING

21/06 SAB 23H55 COLOMBO

27/06 SEX 18H00 SANTA CATARINA

27/06 SEX 22H00 MAR SHOPPING

28/06 SAB 17H00 NORTESHOPPING

28/06 SAB 21H00 CHIADO

 

 


Dia 21 de Junho, entre das 16h e as 22h realiza-se a Festa do Japão 2014, um evento que dá a conhecer a cultura japonesa, celebrando a amizade luso-nipónica. A entrada é livre.


Sabe mais sobre a iniciativa aqui.

 

 

Já o Pinic Btt é uma oportunidade única para conhecer melhor os caminhos de Monsanto. O passeio que vai sair do Bairro da Boavista (onde se fará uma inauguração simbólica da nova oficina Bike POP no Bairro da Boavista) e depois segue para Monsanto. A inscrição é gratuita e pode ser feita em lisboa@bikepop.pt 

 

 

Também amanhã, dia 21 de Junho, às 10h51 começa o Verão e para comemorar esse acontecimento, a TSF, a OLÁ e a EDP vão oferecer gelados e pipocas a crianças. Os gelados vão ser oferecidos no Terreiro do Paço (Lisboa) entre as 10h e as 12h, sendo que o stock é limitado a 500 gelados.

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pág. 1/3