Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Matar as gordurinhas - Parte 7

2015-07-03 12.44.18 4.jpg

 

Bem e já chegámos ao verão, mas a operação ficar fit não termina aqui porque eu já estou a trabalhar para 2016. Tanto que, tenho ido ao Fitness Hut cinco vezes por semana. E não, não estou viciada? No entanto, gosto sempre de puxar um bocadinho mais por mim e mesmo quando já estou cansada penso no vestido que quero vestir no casamento da minha melhor amiga e corro mais um pouco. 

 

Para a semana começo uma nova etapa da minha vida e felizmente ou infelizmente vou ter mais tempo para tudo, por isso vou voltar às aulas de bodypump, a ver se estes bracinhos ficam mais em forma. 

 

Devo também "dizer" que emagrecer para mim não tem sido só uma questão de estética, mas também tem sido uma forma de me focar num objetivo e esquecer alguns acontecimentos pelos quais passei nos últimos tempos. Para além disso, tem-me ajudado a recuperar a minha auto-estima, tanto que no fim de semana passado já fui à piscina e vesti um fato de banho sem me sentir mal com o meu corpo.

 

Em suma, agora que já perdi 7kgs quero mais, quero sentir-me mais forte, confiante e se puder inspirar outras pessoas a lutarem pelos seus objetivos, melhor!

 

Até lá vou continuar a esforçar-me no Fitness Hut

 

PS: Obrigada às minhas amigas do ginásio que me ajudam com as fotos. 

2015-07-26 06.30.55 4.jpg

 Óculos: Alain Afflelou

Graziela

Vamos pôr o cabelo a bombar!

_MG_9705aa.png

Foto: Graziela Costa 

 

Acho que toda a gente que lê o blogue já sabe que sou fã dos produtos da Embelleze, por isso sempre que tenho a oportunidade de testar um novo produto é uma festa. Recentemente, eles lançaram a linha Pra Bombar, uma gama composta por um champô e um condicionador que promovem uma maior rapidez de crescimento dos fios de cabelo e não só.

 

Compostos por  vitamina A, Whey Protein e D-Pantenol, os produtos desta gama têm um cheiro bastante parecido com o do tradicional "sabão marsella", um aroma que eu adoro! Em relação à textura, tenho a dizer que em ambos os produtos é bastante suave e consistente, mas quando passamos por água conseguimos retirar o produto facilmente e sem deixar "restos".

 

Claro, que para obtermos os resultados desejados devemos seguir alguns passos e por isso partilho convosco o meu ritual Pra Bombar:

  1. Coloque uma boa quantidade de champô Novex Pra Bombar nas mãos. Depois massaje o couro cabeludo e os fios de cabelo.

  2. Enxagúe bem e repita a operação se achar necessário.

  3. A seguir aplique o Novex tratamento condicionador Pra Bombar em toda a extensão dos fios de cabelo.

  4. Deixe atuar durante um minuto.

  5. Enxagúe bem até não restar vestígios de produto.

 

O resultado é um cabelo mais brilhante, macio e pontas espigadas protegidas. Quando à rapidez de crescimento acho que só se nota a longo prazo e como a minha mãe tem o cabelo muito fraco que o meu vou dar-lhe estes produtos para que também ela possa experimentar e espero daqui a uns tempos poder voltar a falar deles.

 

Já agora, cada um destes produtos tem 200ml e custa 6,86€, um preço bastante em conta face aos produtos no mercado que supostamente têm o mesmo tipo de ação.

Graziela

Porque há dias em que não me apetece cozinhar... Veg@work

_SAM4431aa.png

Fotos: Graziela Costa

 

Há dias em que chego tão cansada do ginásio que não me apetece nada cozinhar para o dia seguinte, mas como trabalho numa zona da cidade onde todos os estabelecimentos à volta praticam preços bem acima da média torna-se complicado. A alternativa é comer fast food, mas isso dá cabo da dieta e não é tão bom quanto a comida caseira.

 

Assim, recentemente, tive a oportunidade de experimentar um serviço novo, o Veg@work, um projecto que entrega comida vegan e vegetariana ao domicilio (em Lisboa).  

 

Com duas alternativas diárias, o Veg@work tem preços bastante em conta: 5,20€ (menu composto por prato e bebida), 4,20€ (apenas o prato) e 1€ (bebida). Para além disso, o pagamento é feito no momento da entrega, ou seja não há confusões com cartões de crédito ou Paypal. 

 

A encomenda em si pode ser feita até às 10h00 para o próprio dia, mas também existe a possibilidade de se encomendar para dias posteriores (até 5 dias úteis).

 

No últimos tempos eu experimentei: os Peixinhos da Horta com Arroz de Tomate (adorei o arroz de tomate, até acho que é melhor que aquele que eu faço), a Bolonhesa de Soja (nunca tinha experimentado, mas foi uma surpresa bastante agradável), Pataniscas de Legumes com Arroz de Feijão (gostei do arroz, mas infelizmente as minhas pataniscas vinham um pouco tostadas), o Cuscuz com legumes e passas (um prato que só tinha comido uma vez, mas que estava muito melhor nesta versão) e finalmente o sumo de laranja natural (fantástico, mesmo acabadinho de fazer). Conclusão, fiquei fã e devo dizer que o responsável pelo atendimento e pela entrega foi super simpático e neste tipo de serviço isso é muito importante. Ou seja, não vale a pena comer fast food quando temos serviços destes e com preços até mais baratos.

_SAM4433aa.png

Peixinhos da Horta com Arroz de Tomate (Vegetariano)

_SAM4435aa.png

Bolonhesa de Soja (Vegano)

_SAM4439aa.png

Pataniscas de Legumes com Arroz de Feijão (Vegetariano)

_SAM4442aa.png

Cuscuz com legumes e passas (Vegano)

 

Graziela

Passatempo Tampax / Vida de Desempregada

Tampax Compak Pearl (1)a.png

 

Quando tinha 13 / 14 anos fui de férias com os meus primos e tios, para a Quarteira. Na altura, lembro-me de estar super ansiosa, pois era a primeira vez que ia ao Algarve e toda a gente falava super bem daquelas praias. 

 

No dia em que lá chegámos arrumámos logo as malas e fomos diretos para a praia. Estivemos na água horas e horas e foi espectacular, o problema foi no dia a seguir... Pois, fiquei "naqueles dias" e pensei logo "lá se foram as férias", mas a prima que é mais velha que eu lembrou-se logo de irmos comprar tampões. Fomos ao supermercado e ela recomendou-me algumas marcas, na altura hesitei, mas lá comprei os tampões e quando cheguei a casa abri a embalagem e olhei para aquilo com cara de pânico, mas lá me safei e salvei as minhas férias. Desde então levo sempre tampões na minha mala de viagem.

 

Como a Tampax conhece bem as suas consumidoras e sabe que muitas nós somos um pouco reticentes ao uso de tampões lançou a gama Compak Pearl que tem:

  1. Inserção mais suave: Com um toque de pérola, graças ao seu material extra suave e antideslizante é ainda mais fácil de colocar.

  2. Maior descrição: Surge num formato compacto e numa embalagem mais resistente, que evita que se abra na mala, e que facilita retirá-lo de forma mais higiénica, servindo de bolsa para o colocar antes de deitar fora.

  3. Proteção superior: Expande-se para se adaptar à forma única do nosso corpo.

Assim, facilitam-nos a vida e ajuda-nos a viver o verão ao máximo.

 

Como eu também sei que vocês querem ter as melhores férias do mundo, em parceria com a Tampax tenho para oferecer a 3 leitoras do Vida de Desempregada um pack de Tampax Compak Pearl. 

 

Para se habilitarem a um destes prémios basta preencherem as entradas do formulário abaixo até ao dia 4 de agosto de 2015 à meia noite. Atenção, todas as entradas são obrigatórias. Este passatempo só é válido para residentes em Portugal. Os vencedores serão apurados via random e contactados por email. Cada pessoa só pode participar uma vez por dia. Só será entregue um prémio por morada e por pessoa.

 

PS: Não se esqueçam de participar também nos passatempos Typesell e Rita Redshoes.

 

Graziela

Se as minhas férias fossem em Capri...

_MG_9609aa.png

Biquini: Calzedonia | Óculos: Firmoo | Fujifilm Instax Mini 8 | Protetores solares e capa: Piz Buin

 

Com o Sol que faz lá fora até a mim me apetece ir à praia e podia ir a Capri ou ao Sul de França (em sonhos, claro), mas na verdade vou à Fonte da Telha, na Margem Sul, menos glamouroso? Sim, talvez? No entanto, o que interessa é sentirmos-nos bem onde estamos e acima de tudo estarmos protegidos contra os raios UV e UVB. 

 

Ainda assim, devo dizer que, este ano ainda não fui à praia, porque como sabem estou a fazer dieta e apesar de já ter chegado aos 65,5kgs (vitória!), ainda não me sinto confortável (este fim de semana acho que me vou estrear), mas já fui à piscina e para me proteger do sol levei protetor solar.

 

Gostava, no entanto de vos alertar que um dos erros mais comuns no toca aos cuidados solares é o facto de as pessoas pensarem que este tipo de produtos duram de um ano para o outro, mas é mentira e todos os anos devem ser renovados, eu por exemplo este ano decidi experimentar dois produtos da Piz Buin: o spray Instant Glow e o spray Tan & Protect. E em relação aos produtos que ando a testar devo dizer que o meu favorito, é o Instant Glow, pois tem uma textura que não é gordurosa, pegajosa e é de fácil absorção. Para além disso, é um spray o que facilita imenso a aplicação. No entanto, tenho usado também o spray Tan & Protect, que tem basicamente as mesmas caraterísticas, mas intensifica o bronzeado, o que também é um dos meus objetivos, pois normalmente tenho as pernas muito mais brancas que o resto do corpo.

 

Claro que, para além de um bom protetor solar, de preferência com um índice superior a 30, devem beber muita água, levar um chapéu, usar óculos de sol, evitar a exposição solar entre as 12h e as 16h e ir renovando a aplicação desse mesmo protetor.

 

Brevemente, vou também escrever-vos sobre os meus cuidados em relação ao cabelo e corpo no verão , mas até lá contem-me: quais os vossos truques para arrasar na praia?

Graziela

Fui de férias - Parte 2: Disneyland Paris

_SAM5358-1.JPG

Fotos: Graziela Costa e João Pontes

 

Desde criança que sonhava em ir à Disneyland Paris, pois via as imagens na televisão, nas revistas e delirava com aquilo tudo, no entanto grande parte desse sonho foi alimentado pelos meus tios, que viviam em França, e quando eu era pequena, no meu aniversário e no Natal enviavam-me sempre postais com o Mickey, a Minnie, etc. Assim, no meu último dia de férias em Paris e depois de uma grande luta lá convenci o meu namorado a irmos a este parque de diversões.

 

Ainda assim, como foi tudo decidido à última da hora não comprámos o bilhete pela internet, logo em vez de pagarmos 42 euros por um dia (escolhendo um dos parques) pagámos 75 euros. No entanto, não me arrependo nem de um cêntimo porque andei em todas as diversões que podia, aliás só não consegui andar em três porque: duas já não tinha tempo e a terceira parecia aborrecida.

 

A verdade é que mal entramos na Disneyland Paris o mundo pára e tudo é "fofinho" e dá vontade de levar para casa. Até mesmo o meu namorado, que inicialmente não queria ir ficou conquistado mal viu os bonecos do "Toy Story". Aliás, por mim voltava já este fim de semana. 

 

Já agora, devo dizer que estou a escrever este post não para me gabar que fui à Disney, mas porque cumpri um dos meus sonhos de criança e paguei-o com o meu dinheiro, ou seja com calma e esforço tudo se consegue! 

 

PS: Se quiserem ir à Disney não se esqueçam: de comprar os bilhetes pela internet, levem calçado e roupa confortável, merenda (porque é tudo caríssimo), vão de comboio e acima de tudo esqueçam a vossa idade e sonhem como quando eram crianças.

 

Agora, deixo-vos algumas fotos e se quiserem ver o álbum completo entrem aqui

 

_SAM5359-2.JPG

_SAM5362-3.JPG

_SAM5364-4.JPG

_SAM5369-5.JPG

_SAM5371-6.JPG

_SAM5373-7.JPG

_SAM5377-10.JPG

 

_SAM5376-1.JPG

_SAM5378-11.JPG

_SAM5379-12.JPG

_SAM5382-13.JPG

_SAM5386-14.JPG

_SAM5393-17.JPG

_SAM5402-19.JPG

_SAM5404-20.JPG

_SAM5406-21.JPG

_SAM5407-22.JPG

_SAM5411-23.JPG

_SAM5415-25.JPG

_SAM5417-26.JPG

 

_SAM5419-27.JPG

_SAM5421-28.JPG

_SAM5422-29.JPG

_SAM5423-30.JPG

_SAM5424-31.JPG

_SAM5428-32.JPG

_SAM5430-33.JPG

_SAM5435-35.JPG

_SAM5446-38.JPG

_SAM5448-39.JPG

_SAM5449-40.JPG

_SAM5450-41.JPG

_SAM5451-42.JPG

_SAM5455-3.JPG

Sorriso.JPG

_SAM5473-45.JPG

_SAM5476-47.JPG

_SAM5485-49.JPG

_SAM5490-50.JPG

Disney-1.JPG

_SAM5498-52.JPG

_SAM5499-53.JPG

_SAM5496-51.JPG

 Até breve Disneyland Paris!

Graziela

Sempre em festa!

_MG_9680aa.png

Fotos: Graziela Costa 

 

Adoro cor, festas e planear eventos, aliás quando era pequena só queria fazer anos para poder fazer festas cheias de balões e decorações bonitas, mas como nunca tivemos muito dinheiro eu e a minha mãe fazíamos as nossas próprias decorações.

 

Agora, apesar de quase nunca fazer festas de anos tento fazer decorações para as minhas receitas e confesso que passo muitas horas no Pinterest a ver imagens e a anotar ideias para possíveis projetos, mas além de imagens também gosto de colecionar livros de DIY e recentemente, a Editorial Presença editou o livro "A minha festa" da Ana Coelho Duarte. Uma obra que nos ajuda a planear festas de criança, como organizar a lista de compras, qual a quantidade de comida e bebida que devemos preparar, como introduzir alimentos saudáveis (com receitas e tudo) e como fazer decorações, aliás esta é a parte que mais gosto no livro, tanto que fiquei encantada com os projetos dedicados às princesas, bailarinas, piratas e super-heróis. Até já apontei algumas ideias para um chá que quero fazer com as minhas amigas. 

 

Como devem ter reparado mostro-vos também outro dos meus vícios: blocos e canetas porque apesar do digital ser muito confortável eu gosto mesmo é de escrevinhar no papel. Este conjunto é da Agatha Ruiz de La Prada, uma designer espanhola que além de criar roupa super colorida também tem material escolar super giro. Eu pelo menos adoro e desde o liceu que tenho cadernos e canetas dela. E vocês gostam?

 

Desta vez, em parceria com a Typesell tenho para vos oferecer um conjunto igual a este (a cor pode variar) composto por: bloco, lapiseira e caneta. Lindo, não acham? Então corram até ao final do post para verem como participar no passatempo.

_MG_9688aa.png

_MG_9691aa.png

Bloco + lapiseira + esferográfica: Agatha Ruiz de la Prada (Typesell) | Cupcake de cheiro: Bairro Arte

_MG_9694aa.png

Para se habilitarem a este prémio basta preencherem as entradas do formulário abaixo até ao dia 9 de agosto de 2015 à meia noite. Atenção, todas as entradas são obrigatórias. Este passatempo só é válido para residentes em Portugal. O(a) vencedor(a) será apurado(a) via random e contactado(a) por email. Cada pessoa só pode participar uma vez por dia.

 

Boa sorte!

 

PS: Não se esqueçam de participar nos passatempos "Sonhos de uma rapariga quase normal" e Tampax.

 

 

Graziela

Fui de férias - Parte 1: Paris

_SAM4823-4.JPG

Fotos: Graziela Costa e João Pontes

 

Como sabem a minha carreira profissional como a de qualquer outra jovem da minha idade não tem sido muito estável, pelo que fazer férias é um pouco complicado. No entanto, em fevereiro deste ano arranjei emprego e todos os meses tentei colocar de parte um dinheirinho.

 

Como o meu contrato é de seis meses, em meados de abril avisaram-me que tinha de tirar férias até ao final do mesmo. Falei com o meu namorado, discutimos alguns destinos mediante as nossas poupanças e finalmente chegámos à conclusão que Paris e Amesterdão eram os ideiais porque, na primeira cidade podíamos ficar com os meus tios e poupávamos no alojamento e depois já podíamos gastar mais na segunda.

 

Os meus tios e primos vivem há quase 30 anos em França, mas apenas lá tinha ido uma vez e por umas horas, quando em 2008 ganhei uma viagem para o Europavox e o meu avião aterrava e partia de Paris. Na altura apenas vi as redondezas da casa deles: o Moulin Rouge, o Sacre Coeur e um pouco do bairro de Montmatre. Desta vez tirámos quatro dias: três para Paris e um para ir à Disney. 

 

No primeiro dia como apanhámos o avião muito cedo chegámos a França super cansados, pelo que andámos a passear apenas pelas redondezas, tanto que eu aproveitei para rever o Sacre Coeur, o Moulin Rouge e ver os Grands Boulevards, uns armazéns que eu tinha visto num filme e queria muito ver ao vivo. No segundo dia, os meus tios levaram-nos à festa dos imigrantes da Rádio Alfa e foi bastante engraçado porque até encontrei uma rapariga da minha terra.

 

Finalmente, no terceiro e último dia em Paris passeámos imenso e vimos o Arco do Triunfo, a Torre Eiffel, a Notre Dame, o Museu do Louvre (mas, só de fora porque precisamente nesse dia estava fechado), o Campus da Justiça, o Palais Royal, a Pont de Bir-Hakeim (onde filmaram o filme "A Origem"), fizemos um mini cruzeiro de barco (16 euros e podiamos andar o dia todo, pareceu-me bem em conta) e à noite fomos tomar um chá no café onde filmaram o "Fabuloso de Destino de Amelie Poulain".

 

Ainda assim e apesar de ter visto muita coisa sinto que Paris ainda tem muito por descobrir e gostava imenso de lá voltar para poder ver os fantásticos museus daquela cidade. Até lá partilho convosco a minha experiência e mais tarde a da Disneyland e Amesterdão.

 

Agora, deixo-vos algumas fotos da minha viagem, mas também podem ver o álbum completo na minha página de fotografia.

_SAM4824-5.JPG

_SAM4828-7.JPG

Grands Boulevards

_SAM4834-8.JPG

_SAM4835-9.JPG

_SAM4836-10.JPG

_SAM4841-12.JPG

_SAM4842-13.JPG

_SAM4844-14.JPG

_SAM4845-15.JPG

_SAM4851-16.JPG

_SAM4854-18.JPG

Sacre Coeur

_SAM4859-20.JPG

Montmatre

_SAM4870-23.JPG

Sacre Coeur

_SAM4907-27.JPG

_SAM4909-29.JPG

Festa da Rádio Alfa

_SAM4916-110.JPG

Boné: VIPortuguese | Óculos: Firmoo

_SAM4913-30.JPG

_SAM4939-34.JPG

Moulin Rouge

_SAM4971-36.JPG

Arco do Triunfo

_SAM4976-37.JPG

Torre Eiffel

_SAM4983-38.JPG

_SAM4985-39.JPG

_SAM4992-40.JPG

_SAM4997-41.JPG

_SAM5006-44.JPG

_SAM5018-47.JPG

_SAM5020-48.JPG

Pont de Bir-Hakeim (onde filmaram o filme "A Origem")

_SAM5023-49.JPG

_SAM5037-52.JPG

Tribunal de Paris

_SAM5042-53.JPG

Catedral de Notre Dame

_SAM5047-54.JPG

_SAM5064-58.JPG

_SAM5086-61.JPG

_SAM5092-62.JPG

_SAM5113-66.JPG

_SAM5128-71.JPG

Palais Royal

_SAM5137-72.JPG

_SAM5151-79.JPG

_SAM5184-86.JPG

_SAM5186-88.JPG

_SAM5254-96.JPG

_SAM5232-111.JPG

Óculos: Firmoo

_SAM5240-112.JPG

Camisa: SheInside

_SAM5265-97.JPG

Relógio: Sammydress

_SAM5267-98.JPG

_SAM5282-99.JPG

_SAM5306-100.JPG

_SAM5316-102.JPG

_SAM5159-81.JPG

Museu do Louvre

_SAM5321-103.JPG

_SAM5331-104.JPG

Ópera de Paris

_SAM5338-105.JPG

Café onde foi filmado o "Fabuloso de Destino de Amelie Poulain"

_SAM5348-107.JPG

Graziela

Uma viagem à China medieval: Dinastia Tang

Julho-7.JPG

Fotos: Graziela Costa

 

Há dias em que não me apetece cozinhar, mas apetece-me comer bem e experimentar novos sabores e culturas. Num destes dias aconteceu-me isso e até calhou bem, porque juntamente com outros bloggers fui experimentar o Dinastia Tang. Um restaurante no Poço do Bispo (Lisboa) com um ambiente intimista e inspirado na época das dinastias Tang e Ming, um sítio único e com uma decoração repleta de peças originais e algumas réplicas, que honram as tradições orientais e nos fazem sentir dentro dessa cultura.

 

O Dinastia Tang pretende então fazer-nos viajar até à China milenar, através da sua comida cantonesa e dos seus pratos agridoces da região de Jiangsu e picantes da região de Sichuan, mas não só porque enquanto lá estamos podemos ouvir música ambiente típica e imaginar que estamos do outro lado do mundo.

 

Escrevo-vos agora sobre a minha experiência gastronómica:

 

Começámos a nossa refeição com um chá quente seguido de algumas entradas como: crepes de camarão (o recheio e o crocante da massa eram super agradáveis, beringelas agridoces (pena estarem um pouco frias), bolinhas de sésamo (que ficam fantásticas com molho picante) e Siu mai, uma espécie de bolinhas de massa recheadas, que ficam fantásticas com molho picante ou agridoce e sem dúvida o meu favorito. 

 

Depois experimentámos lascas de peixe picante, um prato bastante típico e bom para acompanhar com brócolos salteados ou arroz; porco com alho chinês (adorei, super bem temperado e estaladiço) e arroz de peixe (podia estar um pouco menos picante), ainda assim devo dizer que o porco com alho chinês foi sem dúvida o meu favorito, mas as lascas de peixe também não estão nada mal.

 

Finalmente, descobrimos as sobremesas e apesar da cozinha cantonesa não ter muitos pratos típicos destaco o gelado frito e o leite frito, que é impossível comer só um rolinho. 

 

Para uma primeira experiência neste tipo de gastronomia acho que não foi nada mal e espero voltar em breve. 

Julho-6.JPG

A fachada do restaurante

Julho-9.JPG

Julho-10.JPG

Julho-11.JPG

Ambiente e decoração

Julho-12.JPG

Julho-13.JPG

Julho-15.JPG

Chá quente para iniciar a refeição

Julho-16.JPG

Entradas

Julho-17.JPG

Crepes de camarão

Julho-18.JPG

Siu mai

Julho-19.JPG

Beringelas Agridoce

Julho-20.JPG

Pratos principais

Lascas de Peixe Picante

Julho-21.JPG

Porco com Alho Chinês

Julho-22.JPG

Brócolos salteados

Julho-23.JPG

Julho-24.JPG

Sobremesas

Gelado frito

Julho-25.JPG

Julho-26.JPG

Leite frito

Graziela

Passatempo Sonhos de Uma Rapariga Quase Normal / Vida de Desempregada

Capa-Rita_FINAL_300dpi.jpg

Lembram-se da minha review do livro Sonhos de uma rapariga quase normal" (Editora Guerra & Paz)? Pois é, este livro composto por 40 ilustrações e 40 sonhos, que são como que crónicas do que vai na mente da Rita Redshoes é tão fixe que eu perguntei à editora se podíamos oferecer um a um(a) leitor(a) do Vida de Desempregada, assim lanço agora um novo passatempo. 

 

Para se habilitarem a este prémio basta preencherem as entradas do formulário abaixo até ao dia 31 de julho de 2015 à meia noite. Atenção, todas as entradas são obrigatórias. Este passatempo só é válido para residentes em Portugal. O(a) vencedor(a) será apurado(a) via random e contactado(a) por email. Cada pessoa só pode participar uma vez por dia.

 

Boa sorte!

 

PS: Não se esqueçam de participar nos passatempos Tampax e Typesell.

 

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pág. 1/2