Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Cherry Lips

Um blogue de lifestyle bem docinho!

Seg | 31.08.15

Ser turista na minha cidade - Parte 20: Chiado

Lisboa_Mae_Pequenas-4.JPG

Fotos: Graziela Costa e Maria Almeida

 

Hoje é dia internacional do blogue e podia fazer um post sobre a blogosfera ou mesmo sobre porque comecei a escrever, mas acho que isso é o que toda a gente já vai fazer. Assim, vou "falar-vos" de algo que este blogue despertou em mim: a curiosidade, a vontade de conhecer novos locais, plataformas, produtos e acima de tudo a forma como ao longo do tempo me fui testando a mim própria, pois sou disléxica e no inicio tinha bastante medo de escrever e que as pessoas me criticassem, pois o que eu queria mesmo era partilhar tudo o que eu via e que achava que também poderia ser útil para outras pessoas. 

 

Como uma das coisas que mais gosto de fazer no Vida de Desempregada, além de dar presentes é mostrar-vos novos locais, hoje "levo-vos" a dar uma volta pela zona da Baixa de Lisboa, um dos meus locais favoritos para passear com a Júlia (cadela) e com a minha mãe sempre que ela me vem visitar. 

 

É certo que a zona do Chiado é conhecida acima de tudo pelo seu comércio, mas lá também podemos ver as ruínas do Convento do Carmo (apesar da entrada ser paga podemos ver de fora), o elevador de Santa Justa (se tiverem passe da Carris podem andar no elevador "gratuitamente", só não podem é subir até ao terraço) e agora até temos os terraços do Carmo, um local perfeito para saborear um gelado ou um cupcake longe da confusão.

 

Vá venham daí passear!

 

PS: Podem ver outras visitas da série "Ser turista na minha cidade" aqui.

Lisboa_Mae_Pequenas-2.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-5.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-6.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-1.JPG

Cupcake Minion: Merry Cupcakes

Peq-3.JPG

Óculos: Time For Wood | Vestido: Pull & Bear | Blusão de Ganga: Zara | Sandálias: Loja local

Peq-14.JPG

Peq-16.JPG

Peq-17.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-7.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-8.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-9.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-10.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-11.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-12.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-13.JPG

Graziela
Qui | 27.08.15

Passatempo Maped / Vida de Desempregada

REEGRESSO.png

O inicio das aulas está quase aí e não podia faltar um passatempo que ajudasse os nossos leitores a poupar no regresso à escola, assim em parceria com a Maped tenho dois conjuntos de produtos para oferecer. Os packs são compostos por:

 

- Agrafador Vivo

- 6 Canetas de Feltro Color'Peps Ocean

- 12 Lápis de Cor Color'Peps

- Lapiseira Black'Peps Auto 0.7

- Régua 15cm

 

Para se habilitarem a um destes dois conjuntos basta preencherem as entradas do formulário abaixo até ao dia 6 de setembro de 2015 à meia noite. Atenção, todas as entradas são obrigatórias. Este passatempo só é válido para residentes em Portugal Continental (desculpem Açores e Madeira). Os vencedores serão apurados via random e contactados por email. Cada pessoa só pode participar uma vez por dia. Só será atribuído um prémio por morada e por pessoa.

 

PS: Não se esqueçam de participar também nos passatempos PimensorInstax Mini 8 e Showroomprive.

 

Boa sorte!

 

Graziela
Qua | 26.08.15

Uma boa alternativa

_MG_9633aa.png

Fotos: Graziela Costa 

 

Bem, sei que já estamos no final de agosto, mas a praia ainda me puxa, tanto que não lhe consigo escapar, e claro tento ir sempre bem protegida. Assim, hoje escrevo-vos sobre uma gama que andei a testar nos últimos tempos, a Solei da Boots Laboratiories e mais concretamente de dois produtos: o dry oil sun spray (um protetor solar) e do hydra-soothing aftersun balm (um creme pós solar), que podem encontrar à venda na maioria das farmácias e para-farmácias, como um pack que custa cerca de 20 e poucos euros.

 

A mais valia de ser um pack é obviamente o preço, mas também o facto de termos um cheiro comum, pois às vezes usamos produtos que cheiram a uma coisa e outros a outra e depois parecemos uma perfumaria ambulante. Considerações em relação aos produtos em si:

 

O dry oil sun spray tem um fator de proteção 15, o que para mim é óptimo, mas para a maioria das pessoas é capaz de ser pouco. Espalha-se super bem sobre a pele (inicialmente deixa um brilhozinho, mas seca rápido) e realmente fica invisível. O cheiro é agradável e não fica intenso.

 

Já o hydra-soothing aftersun balm é super útil, pois tem uma textura semelhante à de uma loção corporal e após a sua aplicação sentimos a pele mesmo hidratada. Pessoalmente, fiquei super satisfeita porque normalmente só usava um creme normal e senti logo a diferença.

 

E vocês que produtos usam na praia?

_SAM4799aa.png

Graziela
Ter | 25.08.15

Ser turista na minha cidade - Parte 19: Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian

Lisboa_Mae_Pequenas-32.JPG

Fotos: Graziela Costa e Maria Almeida

 

Hoje "levo-vos" a passear por um local que eu adoro: o Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian, um paraíso verde mesmo no centro da cidade de Lisboa. Aberto ao público em geral este jardim alberga uma série de espécies de animais e plantas únicas, mas não só pois é um local fantástico para um passeio ou mesmo para um piquenique com amigos. Não podem é ter medo de patos, pois eles estão em todo o lado e sempre à espera de um miminho. Para além disso, podem visitar o Museu Calouste Gulbenkian, o Centro de Arte Moderna e a Biblioteca de Arte (que foi a minha salvação enquanto estava a fazer a minha tese de mestrado). A entrada no jardim é gratuita, mas nas exposições só é grátis aos domingos, para menores de 12 anos, jovens até aos 18 anos quando acompanhados por familiar, membros do ICOM, AICA e APOM, grupos organizados por entidades de solidariedade social e acompanhantes de pessoas com deficiência e com mobilidade condicionada (nos outros dias é 5 euros cada local) . Por isso, um destes domingos vou lá fazer umas fotos e mostro-vos porque vale a pena visitar a Fundação Calouste Gulbenkian

 

Já agora, aqui ficam algumas informações úteis caso queiram visitar estes locais:

 

Horários

Exposições
De quarta a segunda das 10h às 18h

Museu Calouste Gulbenkian: 5€
CAM - Centro de Arte Moderna: 5€

Bibiolteca de Arte

Espaço Multimédia, Sala de Leitura de Reservados e Gabinetes de Investigação:
2ª feira, das 14:00 às 19:00 | 3ª a 6ª feira, das 11:00 às 19:00 | Encerra Sábados, Domingos e Feriados
Os leitores podem efectuar a requisição de obras para consulta até às 18h30m, sendo o fecho da biblioteca anunciado 15 minutos antes.


Horário de Verão
(de 15 de Julho a 15 de Setembro)

Sala de Leitura e Serviço de Referência:
De segunda a sexta-feira, das 9:30 às 17:30
Espaço Multimédia, Sala de Leitura de Reservados e Gabinetes de Investigação:
Segunda-feira, das 14:00 às 17:30 | Terça a sexta-feira, das 9:30 às 17:30

 

Transportes públicos

Metro: S. Sebastião (linhas azul e vermelha)

Autocarros: 716, 718, 726, 742, 746, 756 

 

PS: Podem ver outras visitas da série "Ser turista na minha cidade" aqui.

Lisboa_Mae_Pequenas-33.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-34.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-35.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-37.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-38.JPG

 

_MG_7157a.png

_MG_7246a.png

Lisboa_Mae_Pequenas-39.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-40.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-41.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-42.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-43.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-44.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-45.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-46.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-48.JPG

Graziela
Seg | 24.08.15

Passatempo Vida de Desempregada / Pimensor

passatempo_pimensor.png

O regresso às aulas está quase aí e é nesta altura do ano que as famílias têm mais despesas, assim para ajudar na poupança aí de casa, em parceria com a Pimensor tenho este cabaz de produtos para oferecer a um(a) leitor(a) do Vida de Desempregada. 

 

Para se habilitarem a este cabaz basta preencherem as entradas do formulário abaixo até ao dia 6 de setembro de 2015 à meia noite. Atenção, todas as entradas são obrigatórias. Este passatempo só é válido para residentes em Portugal. O(a) vencedor(a) será apurado(a) via random e contactado(a) por email. Cada pessoa só pode participar uma vez por dia.

 

Boa sorte!

 

PS: Não se esqueçam de participar também nos passatempos MapedInstax Mini 8 e Showroomprive.

 

Graziela
Ter | 18.08.15

A auto confiança somos nós que a fazemos!

_SAM6069a_b.png

Casaco: Romwe | Blusa: Only via Spartoo | Carteira: Tidestore | Calças: SheIn

 

Há uns anos atrás quando estava no final de um processo de recrutamento para um estágio profissional uma das responsáveis disse-me o seguinte: "Graziela tu és inteligente, tens talento, mas a tua auto confiança está tão em baixo que não consegues mostrar quem és", agora aquando do fim deste meu último emprego, a minha chefe disse-me basicamente o mesmo e voltei a pensar nisso. É certo que durante o ensino básico e secundário fui vitima de bullying e é daquelas coisas que ainda hoje me afeta e uma das razões que me fez emagrecer tanto quando tinha 17 anos, mas às vezes penso que eu própria faço bullying a mim mesma e isso é bem pior.

 

Por exemplo, durante a altura em que estive mais tempo desempregada (cerca de dois anos) comecei a odiar-me porque não arranjava emprego e ainda por cima estava a engordar, chorava por tudo e por nada e descarregava as minhas frustrações nas pessoas que mais gostava, os meus pais e o meu namorado. Aliás havia alturas em que nem eu própria me compreendia. Lembro-me também de um dia o meu namorado me sugerir ir para o ginásio porque tinha lido que isso ajudava com o estado de espírito e o humor, mas estava tão "cansada emocionalmente" que a ideia de ir para um sítio assim me arrepiava. A verdade é que ele estava certo, pois desde que fui para o Fitness Hut e que perdi peso sinto-me muito mais confiante com o meu corpo e acho que isso também se tem refletido na minha forma de agir. Já não tenho tanta vergonha de ir à praia e quando entro numa sala já me sinto mais "senhora de mim", por isso hoje partilho convosco umas fotos do meu passeio com a minha mãe por Lisboa e que eu adorei. Partilho-as para que acreditem em vós e que percebam que todas nós temos algo de "belo" em nós, só temos de acreditar em nós próprias!

 

 

_SAM6064a_b.png

_SAM6080a_b.png

_SAM6077a_b.png

Pulseira: Born Pretty Store

_SAM6078a_b.png

Anel: Born Pretty Store

 

Já agora, se gostarem de alguma coisa da Born Pretty Store aproveitem este código ( DDET10 ) para terem 10% de desconto.

_SAM6082a_b.png

Laço: Feito à mão

_SAM6075a_b.png

Sabrinhas: Mo

Graziela
Seg | 17.08.15

Cheirinho suave

_MG_9678aa.pngFotos: Graziela Costa 

 

Como no verão os dias são mais quentes, nesta altura do ano gosto de usar perfumes mais suaves e há uns meses atrás até vos mostrei o perfume que andava a usar nessa altura, mas agora apetece-me mudar e como já tinha ficado satisfeita com os perfumes d'O Boticário decidi apostar em mais um, neste caso o Lady Lily (75ml). Uma fragrância doce e com um aroma a lírio fantástico, parecido até com um perfume que usei há uns anos atrás, mas tenho a dizer-vos que o que mais gosto neste perfume é mesmo o seu frasco de inspiração vintage, que quando nos borrifamos com um pouco desta fragrância nos faz sentir como as estrelas de cinema dos anos 50. 

 

Aliás, este é um daqueles frascos de perfume que quando terminar eu tenho a certeza que vou guardar e vocês costumam guardar aqueles que mais gostam ou perferem ir renovando a coleção sempre que uma fragrância termina?

 

PS: Qual é o vosso perfume favorito?

 

Delicias_de_goa_pequenas-33.JPG

Graziela
Dom | 16.08.15

Ir ao chinês sem sair de casa

Knorr-4.JPG

Fotos: Graziela Costa 

 

Desde que comecei a fazer dieta, que em minha casa basicamente só tenho legumes, mas como meu namorado não gosta tanto deles quanto eu convém ter sempre uma alternativa, assim ultimamente os noodles têm sido uma boa opção, pois são rápidos de fazer e são saborosos, sim porque até eu já provei um pouco.

 

Outra coisa gira, é que os noodles lembram-me sempre aqueles filmes americanos em que os personagens chegam a casa cansados, encomendam uns noodles e ficam espojados no sofá com os respetivos(as) namorados(as). E até é algo romântico, não acham? 

 

Estes, que vos mostro são da Knorr, pois fui seleccionada para uma nova campanha da Youzz e recebi algumas amostras para provar. As variedades disponíveis são: queijo, cogumelos, tomate e galinha e nos supermercados custam cerca de 1,15 euros, ou seja para uma refeição rápida até é relativamente barato.

 

Só têm um senão, já que se seguirem à risca as instruções vão ficar com uma massa muito aguada, por isso deixo-vos uma dica: façam os noodles numa panela e deixem cozinhar como se fosse uma massa normal, isto é até ficarem quase sem molho e vão ver que ficam muito mais saborosos. 

Knorr-1.JPG

Knorr-3.JPG

Knorr-5.JPG

Knorr-7.JPG

Graziela
Sab | 15.08.15

Ser turista na minha cidade - Parte 18: Campo Pequeno

Lisboa_Mae_Pequenas-31.JPG

Fotos: Graziela Costa e Maria Almeida

 

A minha mãe veio passar uns dias comigo a Lisboa e como há muita coisa que ela ainda não conhece aproveitei para lhe ir mostrar alguns locais que ainda não tinha fotografado para o "Ser turista na minha cidade". Um deles é a praça de touros do Campo Pequeno, um edifício extremamente rico a nível arquitectónico e um ex-líbris da nossa cidade. Infelizmente, não fotografei o seu interior porque paga-se 5 euros para visitar o museu e a arena e para duas pessoas seria um pouco caro, pois eu já lá fui assistir a diversos espectáculos e não acho que a riqueza exterior seja comparável com o interior. Ainda assim, o jardim envolvente também é muito agradável e tem algumas esplanadas bastante convidativas.

 

Transportes:

Metro: Campo Pequeno

Autocarro: 736, 783, 738, etc.

 

PS: Podem ver outras visitas da série "Ser turista na minha cidade" aqui.

Lisboa_Mae_Pequenas-22.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-21.JPG

Peq-23.JPG

Peq-24.JPG

Vestido: Romwe | Óculos de sol: Alain Afflelou | Alpargatas: Seaside | Relógio: Daniel Wellington

Peq-25.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-27.JPG

Peq-26.JPG

Mochila: Dresslink

Lisboa_Mae_Pequenas-28.JPG

Lisboa_Mae_Pequenas-30.JPG

Curiosamente, na altura em fomos o Campo Pequeno, o Ikea Portugal estava a dar a conhecer o seu novo catálogo e se tirássemos uma foto dentro da roulotte deles ainda ganhávamos vouchers para refeições grátis (menu almondegas vegetarianas). Vejam aqui o calendário e os locais onde esta ação vai decorrer. 

Lisboa_Mae_Pequenas-29.JPG

PS: Se forem na happy hour (17h30) também têm direito a lanchinho à borla. Aproveitem!

Graziela
Sex | 14.08.15

Música às sextas: Mika - No place in heaven

cover600x600.jpeg

O "Música às sextas" andou desaparecido, mas agora prometo ser mais regular, assim começo por vos escrever sobre o novo CD do Mika "No place in heaven", um álbum bastante diferente dos seus registos anteriores, mas antes disso: porquê é que gosto da sua música?

 

Bem, confesso que o Mika é um dos meus "guilty pleasures", pois é aquele tipo de pop orelhuda que eu não costumo ouvir, mas em 2010 quando vi o seu concerto no festival Sudoeste adorei, aliás divertir-me à brava! Desde então, sempre que ele vem a Portugal vou aos seus concertos e o último a que fui, no Coliseu de Lisboa (cuja reportagem podem ver aqui) deixou-me super impressionada, pois ele estava claramente doente, quase sem voz, e ainda assim como o público estava sempre a pedir para ele cantar mais, ele não parou. Foi sem dúvida mais que profissional, foi impecável, ou seja há que admirar pessoas assim! Claro que, músicas como "Grace Kelly", "Big Girls" ou "Lollipop"ajudam à festa, mas neste seu terceiro álbum podemos encontrar músicas mais introspectivas, talvez pelo facto de nos últimos anos se ter exposto mais a nível pessoal. 

 

Aliás, em "No place in heaven" podem encontrar músicas mais calmas como "Last Party", "Hurts" ou "Good Guys", uma canção com uma temática bem forte que deixa qualquer pessoa a pensar, mas também canções com uma vertente pop mais tradicional como "Talk About You", "All She Wants", com aquele falsete tão característico do Mika e "Oh girl, you're the devil". 

 

Conclusão: um álbum mais adulto, mais introspectivo e que inicialmente pode não agradar aos que estão mais habituados às músicas mais eufóricas deste cantor. Finalmente, um big wow para o artwork deste disco, que tem fotos fantásticas de um dos meus fotógrafos de moda favoritos, Peter Lindbergh e ilustrações do próprio Mika. Sem dúvida, um daqueles discos que queremos guardar.

 

PS: Aqui ficam algumas músicas deste disco para que o vosso fim de semana seja bem animado.

 

Staring At The Sun

 

Good Guys

 

Talk About You

 

Last Party

Graziela

Pág. 1/2