Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Avenida Q

Tela_Ao_Baixo_Av_Q_Sagres_Trindade_III.JPG

O mundialmente famoso musical "Avenida Q" chegou finalmente a Portugal! Encenado pelo ator Rui Melo e com a participação de Ana Cloe, Diogo Valsassina, Gabriela Barros, Inês Aires Pereira, Manuel Moreira, Rodrigo Saraiva, Rui Maria Pêgo, Samuel Alves, Artur Guimarães, Luís Neiva e André Galvão, "Avenida Q" acompanha a história de Luís, um recém licenciado cheio de esperanças, que vai viver para um bairro onde qualquer jovem como eu poderia estar a viver.

 

Lá encontra todo o tipo de "personagens" com as quais nos cruzamos no dia a dia, como por exemplo: o jovem desempregado, a rapariga insegura, o "tarado da internet", a árabe que vive uma luta contra o preconceito, o jovem que ainda está no armário ou a estrela decadente, tudo isto com fantoches estilo "Marretas", mas não pensei que isto é uma história fofinha, pois "Avenida Q" aborda temas comuns a todos nós: amor, amizade, dinheiro, trabalho e sonhos. Sim, porque o sonho comanda tudo e sem querer revelar mais sobre a história posso dizer-vos que me diverti muito a ver este espetáculo (é de rir do inicio ao fim) e que fiquei bastante surpreendida com alguns atores que nem sabia terem "voz" para cantar. Assim, se não sabem o que vão fazer no próximo fim de semana convidem os vossos amigos, o namorado/namorada e vão ao teatro porque é o melhor programa que poderão ter para uma noite animada!

 

*"Avenida Q" está cena no Teatro da Trindade, em Lisboa até dia 2 de abril e os bilhetes custam entre 12 e 18€.

Graziela

Parabéns Joshua's!

Restaurante_Joshuas-1227.jpg

Fotos: Graziela Costa e Joshua's Shoarma

 

Dizem que os restaurantes de centro comercial não têm "glamour", para algumas pessoas talvez, mas a verdade é que neles vivemos momentos tão importantes como nos ditos restaurantes "tradicionais" e eu já conto com alguns vividos no Joshua's (até tenho cartão de cliente). Aliás, volta não volta vou lá comer um "wrap", mas confesso que até há pouco tempo nunca tinha experimentado os seus diferentes pratos. Entretanto, fui convidada para o almoço de comemoração dos 27 anos desta cadeia de restaurantes e tive a oportunidade de experimentar mais alguns pratos como o novo veggie burguer, o bitoque shoarma, as entradas que são uma perdição. Nomeadamente, a pita d'alho, o fallafel e o hummus (só não provei os kibbis, mas um dia destes de certeza que vou experimentar).

 

Acima de tudo foi uma boa oportunidade para descobrir que o Joshua's tem muito mais do que wraps, pitas e kebabs, pois apresenta propostas para quem é intolerante ao glúten, vegetarianos, sobremesas fantásticas como a baclava, etc. Para além disso, fiquei a saber que por detrás deste projeto está uma família e que todos os seus membros estão envolvidos no "negócio": os pais fundaram o restaurante, o filho é chef, uma das raparigas é nutricionista e responsável pelas ementas dos restaurantes e a outra filha está ligada ao marketing. Sem dúvida uma história de sucesso que nos faz pensar que vale a pena ariscar, por isso só tenho a dizer: parabéns Joshua's

Restaurante_Joshuas-1233.jpg

Bitoque Shoarma

Restaurante_Joshuas-8203.jpg

Veggie burguer no prato

Restaurante_Joshuas-1235.jpg

Algumas das sobremesas disponíveis

Restaurante_Joshuas-8207.jpg

 A baclava, a minha perdição!

20170126_141745.jpg

20170126_142832.jpg

20170126_144926.jpg

IMG_0045tr.jpg

20170126_150029.jpg

 Parabéns Joshua's!

Graziela

Ser turista na minha cidade - Parte 50: Basílica da Estrela

Basilica_da_Estrela-1053.jpg

Fotos: Graziela Costa

 

Desde pequena que ouço falar sobre a Basílica da Estrela e porquê? Porque lá foram realizados os casamentos, batizados e funerais de muitas personalidades públicas, mas acima de tudo pela imponência deste edifício. E vocês perguntam: então porque é que nunca lá foste? Bem, até estive lá à porta algumas vezes, uma delas até tentei entrar, mas estava a decorrer a missa. 

 

Recentemente, aproveitando a visita da minha mãe decidi ir mostrar-lhe a Basílica da Estrela e como fomos durante o horário laboral pudemos ver tudo à vontade. Nomeadamente, o presépio barroco de Machado de Castro, que é talvez o presépio mais interessante que já vi, pois além da "cena" da natividade incorpora "cenas" quotidianas portuguesas: como a matança do porco, a taberna, etc. Para além disso, lá podem também ver o túmulo da rainha Dona Maria I, fantásticos lustres, a cúpula em mármore rosa e uma vista fantástica desde do terraço (mas, eu não fui porque não tinha dinheiro trocado eheheh). A entrada é livre, mas podem fazer uma contribuição para o restauro do presépio.

 

PS: Para verem outros "Ser Turista Na Minha Cidade" entrem aqui.  

Basilica_da_Estrela-1050.jpg

Basilica_da_Estrela-1051.jpg

Basilica_da_Estrela-1035.jpg

Basilica_da_Estrela-1040.jpg

Basilica_da_Estrela-1041.jpg

Basilica_da_Estrela-1042.jpg

Basilica_da_Estrela-1044.jpg

Basilica_da_Estrela-1048.jpg

Basilica_da_Estrela-1049.jpg

Basilica_da_Estrela-1026.jpg

Basilica_da_Estrela-1029.jpg

Basilica_da_Estrela-1030.jpg

O presépio de Machado de Castro

Basilica_da_Estrela-1021.jpg

Basilica_da_Estrela-1023.jpg

Graziela

O Steak 'n Shake do Porto já abriu!

Steak_N_Shake_Porto-002879.jpg

Fotos: Graziela Costa e Joana Cardoso

 

Depois de abrir lojas no Montijo e em Almada, o Steak 'n Shake abriu o seu primeiro restaurante no Porto. Situado numa localização privilegiada (mesmo no centro da cidade) e com um mural da artista Joana Vasconcelos, o Steak 'n Shake é um daqueles espaços que vocês têm mesmo de visitar. Primeiro porque os hambúrgueres, as batatas fritas e os batidos são ótimos, segundo porque têm combinações únicas e terceiro porque são baratos.

 

Se bem se lembram há uns meses atrás eu fui à abertura deste restaurante no Montijo (podem ver a review aqui) e saí de lá encantada com alguns produtos, por isso quando cheguei ao Porto já sabia o que ia comer. No entanto, decidi experimentar novos produtos, neste caso as batatas fritas com queijo parmesão e ervas aromáticas, que estavam ótimas, o Original Double 'N Cheese (um duplo Steakburger™ grelhado ao momento, com queijo americano, alface, picles, tomate, cebola e ketchup), um pouco do Guacamole (um duplo Steakburger™, guacamole preparado de modo artesanal, alface, tomate, cebola roxa, queijo Pepperjack e maionese chipotle) e um milkshake mini de chocolate e banana. Mais uma vez, produtos que me fizeram crescer água na boca e ansiar pela abertura de um Steak 'n Shake em Lisboa. Até lá consolo-me quando for ao Porto, ao Nos Primavera Sound.

Steak_N_Shake_Porto-002791.jpg

Steak_N_Shake_Porto-002792.jpg

Steak_N_Shake_Porto-002826.jpg

Steak_N_Shake_Porto-002795.jpg

Steak_N_Shake_Porto-002796.jpg

Steak_N_Shake_Porto-002801.jpg

Steak_N_Shake_Porto-002802.jpg

Steak_N_Shake_Porto-002821.jpg

Steak_N_Shake_Porto-002809.jpg

As batatas com queijo Emmental e bacon são incríveís

Steak_N_Shake_Porto-002833.jpg

Steak_N_Shake_Porto-002839.jpg

Três é a conta perfeita!

Steak_N_Shake_Porto-002842.jpg

Steak_N_Shake_Porto-002857.jpg

O milkshake favorito: o Speculoos

Steak_N_Shake_Porto-002875.jpg

Impossível resistir!

Steak_N_Shake_Porto-002798.jpg

Parte do mural da artista Joana VasconcelosSteak_N_Shake_Porto-002803.jpg

O discurso de aberturaSteak_N_Shake_Porto-002813.jpg

A artista Joana Vasconcelos a apresentar o seu muralSteak_N_Shake_Porto-002849.jpg

O nosso grupo

Graziela

Ser turista na minha cidade - Parte 49: Festa Barroca

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Fotos: Graziela Costa

 

Ir ao Palácio Nacional da Ajuda (podem ver o "Ser Turista Na Minha Cidade" aqui) é sempre um prazer, mas vê-lo à noite é ainda mais majestoso. Os candelabros faustosos que iluminam as salas e os tecidos tornam-se ainda mais incríveis! Melhor só se juntarmos uma boa exposição e até dia 28 de fevereiro podem ver "Festa Barroca". Uma exposição que "ilustra e representa uma maneira diferente de contar a história, a arte e a cultura italianas, através da reconstituição dos sumptuosos trajes e do ambiente das cortes italianas na época barroca." Trajes que nos ajudam a viajar na história e que nos transportam aos tempos dos reis e rainhas. 

 

Eu tive a sorte de ir lá na sua inauguração e fiz algumas fotografias para vos mostrar e despertar em vós a vontade de visitar a "Festa Barroca".

 

A exposição em si grátis, mas têm de pagar para visitar o Palácio (a entrada custa 5€). No entanto, se levarem a declaração do centro de emprego ou forem no primeiro domingo do mês a entrada fica grátis.

 

 Vejam aqui outras visitas da série "Ser turista na minha cidade".

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Graziela

Mamma mia: Il Matriciano Al Mare!

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0967.jpg

 Fotos: Graziela Costa

 

Se há coisa que eu gosto é de comida italiana e se já era fã do Il Matriciano, quando soube que iam abrir o Il Matriciano Al Mare fiquei logo entusiasmada, até porque geralmente, quando como comida italiana são sempre pratos de carne.

 

Aproveitando a visita da minha mãe e com o objetivo de a animar um bocadino levei-a a conhecer o Il Matriciano Al Mare (gémeo do Il Matriciano cujas reviews podem ver aqui e aqui), um restaurante mesmo ao pé da Assembleia da República, em Lisboa.

 

Com uma decoração veraneante que nos transporta para aqueles restaurantes de beira praia, o Il Matriciano Al Mare tem um ambiente super acolhedor, mas o melhor é mesmo a comida.

 

Para começar serviram-nos um folhado de peixe super crocante com um molho de tomate delicioso. Depois degustámos alguns pãezinhos acabados de fazer, neste caso de alecrim, de tinta de choco (parece estranho, mas era bom), entre outros e claro, provámos um prosecco (também fazem isso no Il Matriciano).

 

Como entrada escolhemos uma Bruschetta con gamberi e pomodorini e fonduta di bufala, que estava deliciosa. Principalmente os camarões que estavam mesmo no ponto! Depois provámos dois novos pratos da carta do Il Matriciano Al MareStrozzapreti con vongole e tartufo e Chicche di patate con telline, gamberi, pomodorini e rucola. Duas pastas super deliciosas e com combinações de sabores bastante diferentes. Tão boas que a minha mãe até se emocionou por lhe lembrarem a comida que comeu quando fomos a Itália.

 

Para o final deixámos as sobremesas e que sobremesas! O  tradicional Tiramisú e Mille Foglie Alle Fragole, um folhado com creme de pasteleiro e fruta fresca. Uma combinação doce, mas sem ser enjoativa.

 

Em suma:  fomos tratadas como umas "princesas" e eu estou ansiosa por lá voltar.

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0973.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0976.jpg

Pormenores que fazem a diferença

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0984.jpg

 A sala interior

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0977.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0987.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0991.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0997.jpg

Bruschetta con gamberi e pomodorini e fonduta di bufalaRestaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0999.jpg

As trufas são cortadas no momento

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1012.jpg

Strozzapreti con vongole e tartufo

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1003.jpg

Chicche di patate con telline, gamberi, pomodorini e rucola

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1009.jpg

Nhami!

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1014.jpg

Tiramisú

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1018.jpg

 Mille Foglie Alle Fragole

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1016.jpg

As nossas sobremesas

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0980.jpg

Detalhes bonitos

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0982.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0983.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0989.jpg

Graziela

Ser turista na minha cidade - Parte 48: Casa dos Gessos

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8688.jpg

Fotos: Graziela Costa captadas com a Canon 6D

 

A Casa dos Gessos é provavelmente um dos segredos mais bem guardados da cidade de Lisboa. Eu própria, apesar de viver cá há 8 anos só a descobri agora, através de um artigo da revista Time Out. Integrada no Museu Militar (que em breve também vos irei mostrar), a Casa dos Gessos guarda alguns dos moldes, das mais conhecidas estátuas nacionais: a estátua de D. José I (que podem ver no Terreiro do Paço), as estátuas de Sousa Martins (no Campo Mártires da Pátria), a de Afonso de Albuquerque (da Praça do Império), entre outras.

 

A Casa dos Gessos (localizada em frente ao Panteão Nacional, junto à Piscina de Alfama) pode ser visita às quartas-feiras das 10h30 às 12h30 e às quintas-feiras das 14h30 às 16h30. A entrada é livre.

 

PS: Para verem outros "Ser Turista Na Minha Cidade" entrem aqui

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8656.jpg

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8658.jpg

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8660.jpg

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8664.jpg

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8670.jpg

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8673.jpg

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8674.jpg

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8675.jpg

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8681.jpg

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8683.jpg

Casa_dos_Gessos_Lisboa-8662.jpg

Graziela

Cinema de hoje - Silêncio

silence_ver2_xlg.jpg

O aclamado cineasta Martin Scorsese está de regresso ao cinema com "Silêncio", um filme que conta a história de dois padres jesuítas portugueses que rumam ao Japão em busca do seu mentor. Sebastião Rodrigues (Andrew Garfield) e Francisco Garupe (Adam Driver) têm como missão encontrar o padre Cristóvão Ferreira (Liam Nesson) sobre o qual dizem ter feito apostia (renunciado à fé cristã).

 

Com muitas provações pelo meio e ao longo de quase três horas de filme podemos ver todo o sofrimento que aqueles que acreditavam em Cristo passaram, mas acima de tudo podemos ver que até a fé de um padre pode ser abalada quando exposto a situações limite.

 

Posso dizer-vos que a nível técnico o filme está grandioso como todas as produções de Scorsese, mas em termos de história não é algo que me cative e confesso que se tirassem meia hora ao filme também não se perdia nada. Ainda assim, nota positiva para a Andrew Garfield, que faz finalmente um personagem mais maduro. Também Adam Driver e Liam Nesson impressionam, mas nada que possa vir a originar uma nomeação para os Oscars.

 

Para aqueles que gostam de cinema histórico, "Silêncio" é sem dúvida uma boa aposta, mas se gostam de filmes mais leves então é melhor ir verem outra coisa.

 

Ainda a propósito de "Silêncio", o Museu do Oriente (cujo "Ser Turista Na Minha Cidade" podem ver aqui) lançou um ciclo de conferências e visitas guiadas. As próximas visitas guiadas acontecem já hoje, dia 21 e no próximo dia 28 de janeiro. Para verem a programação completa deste ciclo basta entrarem no site do Museu do Oriente.

 

Agora, deixo-vos o trailer do filme.

Graziela

Ser turista na minha cidade - Parte 47: Mude fora de portas - Cidade Gráfica

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8012.jpg

Fotos: Graziela Costa captadas com a Canon 6D

 

Desde pequena que adoro néons e quando vou de viagem farto-me de tirar fotografias a este tipo de "obra de arte". Assim, quando vi uma reportagem televisiva sobre a exposição "Cidade Gráfica" reservei logo um tempinho para ir visitá-la. 

 

Integrada no "Mude Fora de Portas", esta exposição dá-nos a conhecer alguns dos mais emblemáticos letreiros e reclames da Lisboa do século XX. Pelo meio podemos ainda ficar a conhecer um pouco mais sobre a evolução gráfica na publicidade nacional, o funcionamento de um néon e claro, tirar fotografias espetaculares.

 

"Cidade Gráfica" pode ser vista de terça a domingo, das 10h às 18h, no Convento da Trindade (Rua Nova da Trindade, nº 20, Chiado - Lisboa). A entrada é livre e agora deixo-vos algumas fotografias que decerto vos vão cativar a fazer uma visita a esta exposição.

 

PS: Para verem outros "Ser Turista Na Minha Cidade" entrem aqui

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7953.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7946.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7950.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8017.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7955.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7959.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7964.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7969.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7971.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7977.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7982.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7985.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7990.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7992.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7995.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7997.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7999.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8000.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8003.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8006.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8008.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8016.jpg

Graziela

Lagoas Summer Break 2016

Coisas_Junho-3234.jpg

Fotos: Graziela Costa

 

Trabalhar num open space é fixe porque estamos sempre rodeados de pessoas, mas se não fumam nem almoçam fora, como é o meu caso, acabam por ficar fechados o dia todo. Para combater isso, o Lagoas Park, em Oeiras, organiza desde há dez anos as Summer Breaks. Um conjunto de atividades que permitem aos trabalhadores daquele complexo relaxar de forma gratuita, na hora de almoço.

 

A edição de 2016 foi dedicada à música e entre 20 de junho e 1 de julho passaram pelos jardins do Lagoas Park nomes como Rita Redshoes, Deolinda, HMB, The Black Mamba, entre outros. Eu passei por lá no último dia e tive a oportunidade de assistir a um concerto da Cuca Roseta, enquanto me deliciei com um burrito, do El Burrito - Street Food e um fantástico sumo de laranja e cenoura da Fresh On Wheels -  Food Truck. Novos conceitos de "restauração", que eu ainda não conhecia, mas que foram surpresas bastante agradáveis . No final, posso dizer-vos que foi uma hora de almoço diferente do habitual e que eu adoraria que também fosse transportada para outros pólos empresariais.

 

Já agora, para quem não tem este tipo de iniciativas perto pode sempre aproveitar para durante a sua hora de almoço dar um passeio nas redondezas e fazer um piquenique, se bem que poder ver bandas destas era bem melhor, eu pelo menos adorava ter isto na zona onde trabalho.

Coisas_Junho-3237.jpg

Coisas_Junho-3241.jpg

Coisas_Junho-3244.jpg

Coisas_Junho-3245.jpg

Coisas_Junho-3253.jpg

Coisas_Junho-3266.jpg

Coisas_Junho-3293.jpg

Coisas_Junho-3298.jpg

Coisas_Junho-3303.jpg

2016-07-01 02.22.46 2.jpg

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.