Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Fomos conhecer o Doc Cod

Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002090.jpg

Fotos: Graziela Costa

 

O  que combina melhor com feriado? Almoçar fora, claro. Assim, eu e a minha amiga Paula, a convite da Zomato fomos conhecer o Doc Cod, um restaurante situado na zona das Docas, em Lisboa.

 

Confesso que, desde miúda que tinha a ideia que as Docas eram só para "betos" e "tios", mas na verdade até é um local bem agradável para passear, por isso quando surgiu este convite foi a oportunidade perfeita para fazer o tira teimas.

 

O Doc Cod abriu em setembro, mas já se encontra totalmente integrado no ambiente e só podia, pois o espaço é super bonito. A decoração também foi bem pensada e faz-nos sentir bem. Apesar da sala ser linda, o tempo estava tão agradável que decidimos almoçar na esplanada e agora vou escrever-vos sobre os pratos que provámos.

Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002058.jpg

Começámos por provar um couvert composto por paté de atum, azeitonas, manteiga e pão. Todos bem saborosos e que vieram mesmo a calhar pois já chegámos perto das 14h e estávamos cheias de fome.Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002060.jpg

Passámos então às entradas: suculentas, estaladiças e com a quantidade de sal ideal, as Trouxas de queijo de cabra e mel são uma daquela entradas que não podem dispensar.Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002063.jpg

Os Cogumelos salteados com presunto são uma mistura forte e devem ser acompanhados com um bom vinho. Gostei, mas as trouxas foram mesmo a minha entrada favorita.

Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002071.jpg

Para prato principal escolhi Secretos de porco preto com arroz e feijão preto e estes estavam mesmo no ponto. Para além disso, gostei da apresentação e do facto de serem acompanhados por esparregado. Só tenho pena que em vez de ser arroz com feijão os acompanhamentos fossem separados.Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002069.jpg

O Polvo à lagareiro não provei porque não gosto de polvo, mas segundo a Paula, era "carnudo", suculento, estava bem temperado e as batatas a murro eram fantásticas.Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002075.jpgPor último, as sobremesas: uma Mousse de chocolate com praliné, que estava super cremosa e cujos bocadinhos de praliné lhe conferiam uma textura ainda mais especial e um Petit gateau bem quentinho como manda a tradição.

 

Em jeito de balanço, posso dizer-vos que adorei o espaço, a comida era bastante saborosa, o staff era impecável e a vista é incrível. Os preços estão na média face aos espaços ao lado, ou não fossem as Docas, ainda assim vale a pena visitar e experimentar. Até porque dias não são dias!Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002079.jpg

Petit gateauDoc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002082.jpg

Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002084.jpg

O espaço moderno e requintadoDoc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002085.jpg

Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002087.jpg

Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002088.jpg

Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002094.jpg

Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002097.jpg

Doc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002098.jpg

A vista para as docasDoc_Cod_Restaurante_Docas_Lisboa-002099.jpg

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

1 comentário

Comentar post