Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Ser turista na minha cidade - Parte 52: Atelier Museu Júlio Pomar

Atelier_Museu_Julio_Pomar-003005.jpg

Fotos: Graziela Costa

 

Agora que estou de novo empregada sou turista de fim de semana e hoje partilho convosco uma das minhas últimas visitas: o Atelier Museu Júlio Pomar. Um espaço situado na zona do Chiado, em Lisboa onde podem conhecer as obras de um dos mais famosos artistas contemporâneos. 

 

Luminoso e amplo, este Atelier Museu alberga algumas das mais conhecidas obras do pintor Júlio Pomar e até dia 12 de março recebe "Void" uma exposição conjunta com Julião Sarmento, outro nome incontornável da cultura portuguesa.

 

Pessoalmente, adorei visitar este espaço e confesso que gostava imenso ter lá ficado sentada a ler um livro e a apanhar sol (se forem lá vão ver como é acolhedor).

 

O Atelier Museu Júlio Pomar pode ser visitado de terça a domingo entre as 10h e as 18h. A entrada custa 2€, mas à terça feira é grátis. 

 

PS: Para verem outros "Ser Turista Na Minha Cidade" entrem aqui.  

Atelier_Museu_Julio_Pomar-002989.jpg

Atelier_Museu_Julio_Pomar-002991.jpg

Atelier_Museu_Julio_Pomar-002992.jpg

Atelier_Museu_Julio_Pomar-002994.jpg

Atelier_Museu_Julio_Pomar-002997.jpg

Atelier_Museu_Julio_Pomar-002999.jpg

Atelier_Museu_Julio_Pomar-003003.jpg

Graziela

Ser turista na minha cidade - Parte 51: Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado - Lisboa

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8547.jpg

 Fotos: Graziela Costa captadas com a Canon 6D

 

Situado em plena baixa pombalina, o Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado alberga na sua coleção permanente obras de alguns dos mais conhecidos artistas portugueses contemporâneos. Amadeo de Souza-Cardoso, Columbano Bordallo Pinheiro ou Helena Almeida são apenas três dos artistas autores das centenas de pinturas, fotografias, esculturas e instalações que podemos ver neste espaço e quando o fui visitar este museu tive a oportunidade de ver a coleção permanente e uma exposição temporária de Francisco Afonso Chaves, que nos apresenta belas fotos do arquipélago dos Açores e da Madeira captadas através de estereoscopia.

 

O Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado pode ser visitado de terça a domingo das 10h às 18h, sendo que a entrada custa 4,50€. No entanto, se apresentarem a vossa declaração do centro de emprego ou visitarem este espaço no primeiro domingo do mês a entrada é gratuita.

 

PS: Para verem outros "Ser Turista Na Minha Cidade" entrem aqui.  

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8546.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8548.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8549.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8551.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8553.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8557.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8559.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8560.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8561.jpg

 

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8562.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8566.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8569.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8571.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8573.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8576.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8580.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8583.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8585.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8586.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8587.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8588.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8589.jpg

Museu_de_Arte_Moderna_Lisboa-8590.jpg

Graziela

Ser turista na minha cidade - Parte 49: Festa Barroca

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Fotos: Graziela Costa

 

Ir ao Palácio Nacional da Ajuda (podem ver o "Ser Turista Na Minha Cidade" aqui) é sempre um prazer, mas vê-lo à noite é ainda mais majestoso. Os candelabros faustosos que iluminam as salas e os tecidos tornam-se ainda mais incríveis! Melhor só se juntarmos uma boa exposição e até dia 28 de fevereiro podem ver "Festa Barroca". Uma exposição que "ilustra e representa uma maneira diferente de contar a história, a arte e a cultura italianas, através da reconstituição dos sumptuosos trajes e do ambiente das cortes italianas na época barroca." Trajes que nos ajudam a viajar na história e que nos transportam aos tempos dos reis e rainhas. 

 

Eu tive a sorte de ir lá na sua inauguração e fiz algumas fotografias para vos mostrar e despertar em vós a vontade de visitar a "Festa Barroca".

 

A exposição em si grátis, mas têm de pagar para visitar o Palácio (a entrada custa 5€). No entanto, se levarem a declaração do centro de emprego ou forem no primeiro domingo do mês a entrada fica grátis.

 

 Vejam aqui outras visitas da série "Ser turista na minha cidade".

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Exposicao_Festa_Barroca_Palacio_Nacional_da_Ajuda-

Graziela

Ser turista na minha cidade - Parte 47: Mude fora de portas - Cidade Gráfica

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8012.jpg

Fotos: Graziela Costa captadas com a Canon 6D

 

Desde pequena que adoro néons e quando vou de viagem farto-me de tirar fotografias a este tipo de "obra de arte". Assim, quando vi uma reportagem televisiva sobre a exposição "Cidade Gráfica" reservei logo um tempinho para ir visitá-la. 

 

Integrada no "Mude Fora de Portas", esta exposição dá-nos a conhecer alguns dos mais emblemáticos letreiros e reclames da Lisboa do século XX. Pelo meio podemos ainda ficar a conhecer um pouco mais sobre a evolução gráfica na publicidade nacional, o funcionamento de um néon e claro, tirar fotografias espetaculares.

 

"Cidade Gráfica" pode ser vista de terça a domingo, das 10h às 18h, no Convento da Trindade (Rua Nova da Trindade, nº 20, Chiado - Lisboa). A entrada é livre e agora deixo-vos algumas fotografias que decerto vos vão cativar a fazer uma visita a esta exposição.

 

PS: Para verem outros "Ser Turista Na Minha Cidade" entrem aqui

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7953.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7946.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7950.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8017.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7955.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7959.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7964.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7969.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7971.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7977.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7982.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7985.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7990.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7992.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7995.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7997.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-7999.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8000.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8003.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8006.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8008.jpg

Mude_Fora_de_Portas_Cidade_Grafica-8016.jpg

Graziela

Ser turista na minha cidade - Parte 29: Museu Coleção Berardo

Berardo-1228.JPG

Fotos: Graziela Costa

 

O Museu Coleção Berardo foi um dos primeiros museus que visitei quando vim vier para Lisboa. Lembro-me de o visitar poucos meses depois de abrir e tinha obras de artistas que me tinham fascinado na altura do liceu. Quadros de Andy Warhol, Roy Lichtenstein, fotografias da Cindy Sherman (que mais tarde foi o objeto da minha tese de mestrado) e Nan Goldin eram todas obras de arte que apenas tinha visto em livros ou na internet e vê-las ali ao vivo foi uma autêntica emoção.

 

Mais tarde enquanto estive desempregada, o Museu Coleção Berardo foi um local onde voltei sempre que pude, pois de alguma forma me dava paz, mas confesso que há quase dois anos que não voltava lá. No entanto, prometi a mim própria arranjar um tempinho para vos mostrar este museu e no dia 25 de abril lá fui eu à aventura. Assim, se quiserem visitar o Museu Coleção Berardo podem fazê-lo de segunda a domingo entre as 10h e as 18h. A entrada é livre, por isso não podem mesmo perder este oportunidade!

 

PS: Podem ver outras visitas da série "Ser turista na minha cidade" aqui

Berardo-1211.JPG

Berardo-1214.JPG

Berardo-1218.JPG

Berardo-1219.JPG

Berardo-1221.JPG

Berardo-1223.JPG

Berardo-1237.JPG

Berardo-1238.JPG

Berardo-1241.JPG

Berardo-1244.JPG

Berardo-1253.JPG

Berardo-1262.JPG

Berardo-1263.JPG

Berardo-1265.JPG

Berardo-1268.JPG

Berardo-1273.JPG

Berardo-1274.JPG

Berardo-1275.JPG

Berardo-1282.JPG

Berardo-1286.JPG

Berardo-1296.JPG

Berardo-1300.JPG

Graziela

Ser turista na minha cidade parte 3: Museu do Oriente

 Fotos: Graziela Costa

 

Ontem, foi mais um dia de museus grátis (o próximo é dia 2 de Novembro), mas infelizmente eu não pude ir porque estive a fazer outras coisas (levei a Júlia a um encontro Pinchers e adorámos), mas recentemente fui visitar o Museu do Oriente e gostava de partilhar uma imagens convosco, pois quem sabe não vos desperta o bichinho para lá irem. 

 

Nos últimos tempos tenho aproveitado para ir visitar locais aos quais nunca tinha ido e rever aqueles que mais gostei e têm entrada livre. A minha ideia é ir partilhando alguns museus e locais que podem visitar gratuitamente, pois assim já não têm desculpa para ficar em casa a deprimir. 

 

O último museu que visitei foi o Museu do Oriente, pois às sextas feiras entre as 18h e as 22h pode ser visitado gratuitamente. Neste espaço podem encontrar algumas peças representantes da ligação portuguesa aos países do Oriente (China e Índia).

 

 

Eu adorei ver os trajes, as louças e as sombras chinesas. Por sorte, também apanhei três exposições temporárias: uma de fotografia e duas de pintura, mas acho que já terminaram, no entanto eles têm sempre diversas exposições, por isso de certeza que vão ver alguma coisa interessante.

 

Brevemente, acho que vou fazer um circuito por Belém ou ver o Museu do Teatro / Traje, mas até lá espero que estas fotos vos inspirem a sair de casa e a descobrir novos locais. 

 

Já agora, se souberem de sítios giros e grátis para eu visitar comentem neste post ou no Facebook do Blog

 

Podem ver outras visitas da série "Ser turista na minha cidade" aqui.

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.