Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Receitas rápidas: Bifinhos com natas e cogumelos

Bife_Natas_Cogumelos-001811.jpg

 Fotos: Graziela Costa

 

Mesmo a tempo do jantar partilho convosco uma nova receita: Bifinhos com natas e cogumelos, mas com creme de soja, um ingrediente que vai dar a este prato um sabor mais leve que o habitual.

 

Ingredientes:

4 bifinhos de vaca ou porco

1 embalagem de creme de soja (Shoyce)

1 embalagem de cogumelos frescos

1 colher de sopa de margarina (Vaqueiro líquida)

Alho em pó qb. (Pimensor)

Sal grosso qb.

Pimenta da jamaica qb. (Margão)

Folhas de louro (Pimensor)

Batatas mediterrâneas (McCain)

 

Preparação:

1 - Tempere os bifinhos utilizando alho em pó, sal grosso, folhas de louro e pimenta.

2 – Derreta a manteiga numa frigideira e frite os bifinhos até estarem médio passados. Reserve.

3 – Frite os cogumelos no molho restante e quando estiverem alourados deite o creme de soja e mexa até o molho ficar com uma cor acastanhada.

4 – Numa caçarola regue os bifinhos com este molho.

5 – Acompanhe com batatas mediterrâneas (seguir as instruções de preparação da embalagem).

6 - Para beber sugiro um vinho tinto, como Monte Mayor Reserva Tinto 2014 (Adega Mayor).

Bife_Natas_Cogumelos-001813.jpg

Bife_Natas_Cogumelos-001816.jpg

Bife_Natas_Cogumelos-001810.jpg

Hamburguer_Com_Cogumelos-001772.jpg

Alguns dos ingredientes utilizadosHamburguer_Com_Cogumelos-001774.jpg

Hamburguer_Com_Cogumelos-001775.jpg

Graziela

Receitas rápidas: Massa com cogumelos e natas

Massa_Natas_Cogumelos_Halloween-001799.jpg

Fotos: Graziela Costa

 

Em dia de Halloween só apetece ir para a festa, por isso trago-vos uma receita bem rápida, caso estejam a pensar fazer um evento em vossa casa: massa com cogumelos e natas. Um prato saboroso e que geralmente toda a gente gosta. Para darem aquele toque "sinistro" que todas as festas de Halloween necessitam, só precisam de arranjar uns guardanapos bem aterradores como por exemplo, os da Renova que vos mostro nas fotografias abaixo.

 

Bons sustos!

 

Ingredientes

1 emb. de molho de nata Mimosa para massas

200g de Lírios Milaneza

20g de cogumelos desidratados

1 cebola média

2 dentes de alho

Azeite qb.

Sal qb.

Pimenta branca Pimensor qb.

Tomilho Margão qb.

Aneto Margão  qb.

 

Preparação

1 - Cozinhe a massa conforme as instruções da embalagem. Entretanto, numa frigideira, salteie a cebola e o alho em azeite. Quando estiver dourado, junte os cogumelos e deixe cozinhar 5 minutos.

 

2 - Junte o molho de Nata Mimosa para massas e deixe ferver.

 

3 - Quando a massa estiver cozida, escorra, junte à frigideira e envolva bem. Tempere a gosto com sal, pimenta, tomilho e aneto.

 

Dica: Se preferir, pode ainda adicionar pedaços de bacon e polvilhar com queijo ralado.

Massa_Natas_Cogumelos_Halloween-001805.jpg

Massa_Natas_Cogumelos_Halloween-001806.jpg

Massa_Natas_Cogumelos_Halloween-001802.jpg

Massa_Natas_Cogumelos_Halloween-001801.jpg

Massa_Natas_Cogumelos_Halloween-001797.jpg

Alguns dos ingredientes utilizados.Massa_Natas_Cogumelos_Halloween-001795.jpg

 Para a sobremesa, um cappuccino e uns macarons de abóbora ou laranja.

Graziela

Receitas rápidas: Massa das cores com atum e cogumelos

_MG_3850aa.png

Fotos: Graziela Costa

 

Quando era miúda adorava ir a casa da minha tia São almoçar ou jantar porque ela fazia muitas vezes massa das cores. Não sei se era pelo sabor ou se era por achar piada às diversas cores daquelas espirais, mas divertia-me imenso a comer massinha por massinha e ainda hoje volta na volta faço, ora com carne ora com atum.

 

Hoje, partilho uma daquelas receitas básicas que qualquer estudante / pessoa que acabou de começar a viver sozinho consegue confecionar com sucesso e que é capaz de impressionar qualquer namorado / namorada. 

 

Ingredientes

(para 2 pessoas)

2 copos de massa das cores

1 colher de sopa de azeite Casa Anadia

Margão Segredos Alho e Salsa 

Sal com orégãos (Salinas Várzea da Marinha)

1 cebola pequena

1 lata de atum

200ml de creme de Soja (Shoyce)

1 lata pequena de cogumelos laminados

 

Preparação

1. Parta a cebola em pedaços.

2. Num tacho leve a alourar num fio de azeite. 

3. Deite a água quente (aqueçam com o fervedor eléctrico, pois fica mais barato), o sal e a massa.

4. Deixe cozinhar em lume brando.

5. Num tacho à parte coloque o creme de soja, o atum escorrido e os cogumelos.

6. Tempere com sal, Margão Segredos Alho e Salsa  e deixe cozinhar em lume bando.

7. Quando a água da massa já tiver escorrido quase toda, acrescente a mistura do atum e dos cogumelos.

8. Envolva tudo e acompanhe com um bebida à escolha, eu por exemplo acompanhei com Frize Limão.

_MG_3862aa.png

_MG_4125aa.png

_MG_3847aa.png

Graziela

Receitas rápidas: Massada à minha maneira

_MG_2871-4.JPG

Fotos: Graziela Costa

 

Eu sou uma "marmita lover" e todos os dias levo religiosamente a minha lancheira para o trabalho. Este foi um hábito que ganhei no meu primeiro estágio, em 2010, e até hoje levo sempre um lanchinho para onde quer que vá. É económico, pois não gasto dinheiro em refeições fora, mas também é uma forma de controlar a minha dieta, ainda que a receita que vos trago hoje seja um pouco calórica.

 

Esta receita surgiu de um desafio que SmartLunch fez a 50 bloggers, no sentido de criarem uma receita para levarem na SmartBento. Eu fiz uma massa super simples, mas bastante saborosa e que levei muitas vezes para os meus almoços quando estava nesse primeiro estágio (agora, é mais legumes com peixe cozido eheheh).

 

Sem mais demoras, aqui fica uma massa à minha maneira.

 

Ingredientes

(para mais do que uma refeição)

1 punhado de massa esparguete

1 colher de sopa de Azeite São Mamede

Margão Segredos Alho e Salsa 

Sal com orégãos (Salinas Várzea da Marinha)

1 cebola pequena

1 lata de atum

Pedacinhos de bacon cortados grosseiramente

1 punhado de mistura de sementes Rise Live (Origens Bio)

1 punhado de sementes de girassol (Sementina)

200ml de Creme de Soja (Shoyce)

1 lata pequena de cogumelos laminados

 

 

Preparação

1. Parta a cebola em pedaços.

2. Num tacho leve a alourar num fio de azeite, com o bacon já partido em pedaços. 

3. Quando o bacon já estiver tostadinho retire do lume e reserve.

4. Deite a água quente (aqueçam com o fervedor eléctrico, pois fica mais barato), o sal e a massa.

5. Deixe cozinhar em lume brando.

5. Num tacho à parte coloque as natas, o atum escorrido, os cogumelos e bacon.

6. Tempere com sal, Margão Segredos Alho e Salsa  e deixe cozinhar em lume bando.

7. Quando a água da massa já tiver escorrido quase toda, acrescente a mistura do atum, bacon e cogumelos.

8. Envolva bem e acrescente as sementes.

9. Sirva quente e reserve um pouco para a marmita do dia a seguir. 

 

_MG_2823-1.JPG

Marmita SmartBento (SmartLunch)

Lancheira (Donna Xica)

_MG_2856-2.JPG

_MG_2865-3.JPG

_MG_2886-5.JPG

_MG_2894-7.JPG

Graziela

Receitas rápidas: Hambúrguer com natas e cogumelos

_MG_5912aa.jpg

Fotos: Graziela Costa

 

Já há algum tempo que queria partilhar esta receita convosco, mas só agora o pude fazer. Hambúrguer com natas e cogumelos não é um prato complicado de confeccionar, mas faz sempre um brilharete quando levo amigos lá a casa e claro, tudo o que leva natas é sempre bem apetitoso. 

  

Ingredientes

Hambúrgueres de porco

Margarina (Vaqueiro Líquida)

Margão Segredos Alho e Salsa 

Sal com orégãos (Salinas Várzea da Marinha)

Manjericão (Aromáticas Vivas)

Margarina Vaqueiro Ideal para Porco

Natas

Cogumelos

Batatas Juliana (McCain)

 

Preparação

1 - Salteie os cogumelos com um pouco de margarina e sal.

2 - Retire os cogumelos do lume e reserve.

3 - Numa frigideira frite os hambúrgueres com um Margarina Vaqueiro Ideal para Porco e uma pitada de sal. 

4 - Acrescente as natas, os cogumelos e um pouco de Margão Segredos Alho e Salsa. Deixe cozinhar em lume brando.

5 - Leve as batatas ao forno durante 10 a 12 minutos.

6 - Sirva quente e decore com manjericão fresco. 

 

_MG_5925aa.jpg

_MG_5947aa.jpg

_MG_5953aa.jpg

mcc_bit_forno_julienne_600g_rgb.jpg

Graziela

Receitas rápidas: Wrap de cogumelos

Fotos: Graziela Costa

 

Ontem falei-vos da minha experiência com o Eco Gumelo e hoje, partilho convosco uma receita com a minha pequena colheita de cogumelos. Decidi fazer wraps de cogumelos, pois quando fui ao Nos Primavera Sound experimentei uns hambúrgueres de cogumelos fantásticos. Como não sabia a receita, guiei-me pelo meu paladar e tentei fazer algo parecido, mas numa versão wrap. Aproveitei também para experimentar alguns produtos novos como as novas combinações da Margão, o Wrap kit que trouxe da semana asiática do Lidl, o kaviar transmontano (paté de azeitona) dos Doces da Puri e uma versão de queijo Vaquinha que ainda não tinha provado (queijo com pouco sal, pois apenas leva sal na côdea para curar).

 

Para além disso, aproveito para vos mostrar o prato da Zara Home, que a minha mãe me ofereceu de prenda de anos. É lindo, não é?

 

Já agora, vocês costumam fazer wraps?

 

Ingredientes

1 Wrap kit Lidl

1 mão cheia de cogumelos (Eco Gumelo)

Kaviar transmontano qb. (Doces da Puri)

Queijo Vaquinha ralado

2 colheres de sopa de Azeite São Mamede

Margão Segredos Alho e Salsa qb.

Sal qb. (Rui Simeão - Tavira Sal)

 

Preparação

1. Lave os cogumelos e parta em bocadinhos bem pequeninos.

2. Numa frigideira refogue os cogumelos em azeite.

3. Tempere com sal e Margão Segredos Alho e Salsa qb.

4. Estenda o wrap e com ajuda de uma colher deite os cogumelos ao centro.

5. Acrescente um pouco de kaviar transmontano (paté de azeitona).

6. Enrole o wrap.

7. Rale um pouco de queijo por cima do wrap e sirva.

 

PS: Agora também já podem ver todas as receitas no Pinterest do Vida de Desempregada. Espreitem aqui.

 

 

 

 

 

 

 

Graziela

Receitas convidadas: Lasanha de Frango

 Fotos: Sara Santos

 

Hoje e amanhã há festa em Lisboa, mas antes disso trago-vos uma receita de uma convidada especial, a Sara Santos, autora do blog Chocolate a mais e companheira de aventuras fotográficas em quase todos os festivais. 

 

Há algum tempo atrás, a Sara falou-me no seu blog e quando comecei a fazer receitas para o Vida de Desempregada lembrei-me logo de a convidar para fazer algo para vós. Há uns meses atrás, desafiei-a a fazer uma receita simples, barata e muito apetitosa. 

 

Recentemente, a Sara respondeu ao meu desafio dizendo: "Tinha ali 2 peitos de frango que não sabia o que lhes fazer, quando olhei para o resto de 4 placas de lasanha de massa fresca, a combinação (claro) pareceu-me perfeita.


Nunca tinha feito lasanha de frango (parece impossível) e pareceu-me uma boa altura :)"

 

Obrigada Sara! 

 

Ingredientes (para 2 pessoas):

2 peitos de frango
4 placas de massa fresca de lasagna
1 lata de cogumelos
1 pacote de molho bechamel
1 pacote de calda de tomate
1 embalagem de mozzarella ralada
1 cebola
qb vinho branco
qb ervas de provence
qb sal
qb pimenta

 

 

Preparação:

 

Cozer o frango em água e sal.

Numa frigideira fazer um refogado com azeite e cebola. Juntar depois os cogumelos. Deixar cozinhar um pouco mexendo sempre. Regar com vinho branco, tapar e deixar cozinhar os cogumelos. 

 

 Quando os cogumelos estiverem com um aspecto dourado, juntar o frango e cerca de metade do pacote de calda de tomate (a quantidade é a olho e a gosto) e um pouco de molho bechamel. Temperar com sal, pimenta e ervas de provence. Tapar novamente e deixar cozinhar.

 

 

Numa travessa, colocar um bocadinho de molho bechamel no fundo, junto com um pouco da mistura de frango. Colocar uma placa de massa, espalhar um pouco de molho bechamel, juntar o frango e salpicar com mozzarella ralada. Repetir por duas vezes, terminando numa placa de massa fresca. Cobrir com o restante do molho bechamel e o queijo ralado.

 

Levar ao forno pré aquecido a 180º durante cerca de 30 minutos (até ficar tostada por cima).

Graziela

Receitas rápidas: Risotto de cogumelos com linguiça

 Fotos: Graziela Costa

 

A minha amiga Diana costuma ter umas batatas fritas como comida de emergência, quando não tem paciência para cozinhar e tem de levar almoço para o estágio, eu tenho os Oriente Easy Rice Para Saltear. Muitos de vocês, já os devem conhecer, porque há uns meses atrás eles estiveram com experimente grátis e eu até divulguei aqui. Hoje, trago-vos uma receita super fácil e aposto que se a servirem num jantar de amigos, vão fazer um brilharete!

 

Risotto de cogumelos com linguiça 

(para 1 / 2 pessoas)

 

Ingredientes

1 copo de Risotto Funghi Oriente Easy Rice

1 linguiça (usei da Salsicharia Alpaolhense)

Salsa qb. (usei Aromáticas Vivas

1 copo de água

 

Preparação

1. Ferva a água.

2. Adicione o arroz e adicione a linguiça partida às rodelas.

3. Deixe cozinhar em lume brando durante 4 minutos.

4. Sirva e decore com salsa.

 

*Também pode adicionar salsa directamente, enquanto o arroz está a cozer.

 

 

Usado em casa, de emergência ou não, este arroz nunca nos deixa ficar mal. Para além do Risotto Funghi, a gama Easy Rice Para Saltear oferece: o Arroz Basmati com Caril, o Arroz de Tomate, o Arroz de Frango e o Arroz com Legumes. O melhor é que é barato e está à venda na maioria das grandes superfícies.

 

  

Nesta receita, usei também uma linguiça da salsicharia Alpaolhense, mais uma das minhas descobertas pelo mundo dos enchidos. Esta salsicharia situa-se no nordeste alentejano, mais propriamente na freguesia de Alpalhão e é uma empresa familiar que conta com mais de um século de existência. Quem já provou enchidos do Alentejo, sabe que o sabor é diferente, principalmente os que levam carne de porco preto. Estes podem ser encontrados em lojas da especialidade e claro, grandes superfícies.

 

 

 

 

As tábuas presentes nesta receita são Gradirripas e por acaso estão em promoção na Goodlife, caso queiram espreitar.

 

 

E como vocês merecem tudo, entrem na nossa página de Facebook, e habilitem-se a ganhar 1 dos 3 cabazes que o Vida de Desempregada e o Arroz Oriente têm para vos oferecer.

Graziela

Receitas rápidas: Crackers com cogumelos e chutney verde

 Fotos: Graziela Costa

 

Hoje, trago-vos uma receita para uma entrada ou mesmo para um lanche. É simples e rápida, por isso acho que vocês vão gostar.

 

Ingredientes 

Cogumelos Shiitake (usei ii - shiitake em troncos / shiitake on logs)

1 embalagem de crackers com arroz tufado (usei Du Bois de la Roche)

Chutney verde da Compotas Chutneys

Queijo flamengo

Azeitonas (orgulhosamente colhidas pelos meus pais)

Azeite (também feito pelos meus pais)

Sal (usei Rui Simeão)

Pimenta preta

Tomate

 

Preparação

1. Coloque as crackers sobre a tábua e espalhe com queijo flamengo ralado ou esfarelado.

2. Deite uma colher de café de chutney verde (também podem substituir por outro chutney ou molho).

3. Salteie os cogumelos previamente lavados e cortados num bocadinho de azeite e tomate. Tempere com uma pitada de sal e pimenta preta.

4. Coloque uns cogumelos e uma azeitona a enfeitar.

5. Leve ao microondas uns segundos para o queijo derreter e sirva de imediato.

 

 

 

 

 

Nesta receita, experimentei o chutney verde da Compotas Chutneys, ainda bem que ele existe porque aqui há uns tempos tentei fazer um chutney e aquilo ficou uma porcaria (ora ficava muito doce, ora salgado). Estes são mesmo nhami e são artesanais! O chutney verde que usei leva coentros, açúcar, salsa e vinagre. Pode ser usado em saladas, a acompanhar marisco, etc.

 

Por exemplo, hoje trago para o almoço uma sandes de queijo fresco, rúcula e chutney verde. Para conhecerem estes e outros produtos podem ver a página de Facebook da Compotas Chutneys, para quem ainda tem dúvidas e gostava de experimentar, sugiro uma ida ao Mercado Gourmet, que acontece este fim de semana no Campo Pequeno (Lisboa).

 

 

 

Confesso que não sou grande apreciadora de bolachas de arroz tufado (aquelas redondas) porque normalmente não sabem a nada, mas os pedaços de arroz tufado em crackers normais ganha bem mais sabor. Para além disso, para este tipo de entrada é melhor usar crackers porque não se desfazem quando vão ao microondas. 

 

*As tábuas de cozinha que aparecem nesta receita são da Gradirripas. 

Graziela

Receitas rápidas: Atum à bolonhesa

 Fotos: Graziela Costa

 

Este fim de semana decidi fazer um prato que gosto bastante: massa à bolonhesa, mas como não tinha carne picada decidi experimentar com atum e cogumelos.

 

Espero que gostem do resultado. A mim soube-me bastante bem.

 

Ingredientes

1 Cebola

Massa esparguete

Polpa de tomate

Azeite

Cogumelos Shiitake (usei ii - shiitake em troncos / shiitake on logs)

2 Latas de atum

Sal (usei Rui Simeão)

Tabasco Red

Pimenta preta

Orégãos

Água

 

Preparação

 

1. Coza o esparguete em água, sal e um fio de azeite até ficar "al dente".
2. Num tacho, leve ao lume a cebola (cortada em pedaços) e o atum.  Deixe refogar durante 3 minutos.

3. Tempere com pimenta preta , orégãos e umas gotinhas de Tabasco Red.

5. Quanto já estiver tudo "douradinho" junte os cogumelos partidos em pedaços, a polpa de tomate e mexa.

6. Deixe cozinhar entre 10 a 15 minutos até o molho ficar bem apurado.
7. Depois do esparguete cozido, escorra-o no escorredor.

8. Decore o prato e sirva o queijo à parte (pode usar queijo flamengo já meio seco, que ralaram previamente).

 

 

Como já mencionei em cima, nesta receita usei cogumelos Shiitake e, para quem conhece, estes cogumelos são originários do Japão / Coreia, sendo produzidos em troncos de madeira. 

 

Eu conheci estes cogumelos através do Célio do Sweet Gula e fiquei fã do conceito e desta comunidade. A ii - shiitake em troncos / shiitake on logs, nasceu da paixão por este tipo de cogumelos, mas a ideia é passar este amor a mais pessoas. Assim, criaram as iiRMANDADES, isto é grupos de pessoas, que se juntam para comprar cogumelos. É divertido e poupamos dinheiro.


Já agora, deixo-vos o regulamento da iiRMANDADE:

i - Arranja, no mínimo, três iiRMÃOS para criar uma iiRMANDADE (o criador da iiRMANDADE será o nosso iiNTERLOCUTOR e terá algumas benesses…);

ii -Dá um nome à tua iiRMANDADE (exemplo: a iiRMANDADE DO ANEL, se trabalhas numa ourivesaria ou se és o Frodo Baggins);

iii - Encomenda e nós entregamos aí (as encomendas, preços e datas de entrega estarão sujeitas a um regulamento que forneceremos consoante consulta por correio electrónico);

iv - se gostas da ideia, partilha (não queremos iiRMANDADES de pessoas egoístas)

 

 

 

 

  

Toda a gente já ouviu falar do Jamie Oliver, um chef britânico, que ao longo dos últimos anos tem tido grande destaque no panorama gastronómico mundial, mas o que a maioria das pessoas não sabe é que ele usa produtos portugueses, nomeadamente: tábuas de cozinha.

 

Ora essas tábuas, são produzidas pela Gradirripas, Lda., uma empresa familiar, propriedade da família Violante, oriunda de Pernes, concelho de Santarém.  Esta empresa dedica-se, sobretudo, ao fabrico de caixas em madeira para vinhos e produtos gourmet, bem como à produção de outros artigos em madeira, nomeadamente tábuas de cozinha.

 

Hoje, mostro-vos aqui algumas dessas tábuas. Tábuas essas, que me vão acompanhar ao longo de muitas receitas. Já agora, elas estão em promoção no site da Goodlife. Aproveitem porque elas são lindas!

 

 

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.