Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Ser turista na minha cidade - Parte 27: Museu Nacional de Arqueologia

Museu_de_Arqueologia-7905.JPG

Fotos: Graziela Costa

 

Quando andava a estudar uma das minhas disciplinas favoritas era História. Até porque na altura, adorava ver imagens dos nossos antepassados e imaginar como seria viver naquela época. Para além disso, nas férias escolares os meus pais levavam-me sempre a conhecer localidades históricas e isso ainda contribuiu mais para aguçar a minha curiosidade, tanto que um dia pensei mesmo em estudar história da arte. No entanto, acabei por optar por Comunicação/Audiovisual, pois achava que teria mais saída. Ainda assim, sonho um dia poder fazer um curso nessa área.

 

Enquanto não tenho tempo nem dinheiro para o fazer vou visitando museus e hoje trago-vos o Museu Nacional de Arqueologia, um espaço integrado no Mosteiro dos Jerónimos, cujo post "Ser Turista Na Minha Cidade" podem ver aqui.

 

Com duas exposições permanentes: "Antiguidades Egípcias" e "Tesouros da Arqueologia Portuguesa" (que não podem ser fotografadas), este museu conta ainda com duas exposições temporárias: "Lusitânia Romana . Origem de dois povos" e "Religiões da Lusitânia. Loquuntur saxa", cujas fotos podem ver abaixo. No entanto, confesso que as minhas exposições favoritas curiosamente foram as que não pude fotografar. Por isso, espero despertar-vos a curiosidade com estas imagens para que depois possam ver todas as outras peças presentes neste museu.

 

Já agora, podem visitar o Museu Nacional de Arqueologia de 3.ª feira a domingo das 10h00 às 18h00, sendo que, os bilhetes custam  5€. Ou então podem esperar e visitar grátis, no primeiro domingo de cada mês. Ah e se estiverem desempregados também o podem fazer mediante a apresentação do comprovativo do centro de emprego.

 

PS: Podem ver outras visitas da série "Ser turista na minha cidade" aqui

Museu_de_Arqueologia-7871.JPG

Museu_de_Arqueologia-7872.JPG

Museu_de_Arqueologia-7875.JPG

Museu_de_Arqueologia-7877.JPG

Museu_de_Arqueologia-7882.JPG

Museu_de_Arqueologia-7885.JPG

Museu_de_Arqueologia-7888.JPG

Museu_de_Arqueologia-7889.JPG

Museu_de_Arqueologia-7890.JPG

Museu_de_Arqueologia-7892.JPG

Museu_de_Arqueologia-7893.JPG

Museu_de_Arqueologia-7895.JPG

Museu_de_Arqueologia-7897.JPG

Museu_de_Arqueologia-7901.JPG

Museu_de_Arqueologia-7906.JPG

Museu_de_Arqueologia-7910.JPG

Graziela

Ser turista na minha cidade - Parte 21: Museu Nacional dos Coches

_SAM7253-3.JPG

 Fotos: Graziela Costa

 

Aposto que já tinham saudades da rubrica "Ser Turista Na Minha Cidade", eu pelo menos estava desejosa de voltar a conhecer novos monumentos. Assim, no último "primeiro domingo do mês" arranjei um tempinho e fui visitar o Museu Nacional dos Coches. Local que só tinha visitado quando ainda andava no ensino básico, mas que havia adorado.

 

Ora, o Museu Nacional dos Coches está divido em dois edifícios e desta vez comecei por visitar o novo espaço, obra que nos últimos tempos gerou alguma polémica e que confesso não é do meu agrado. No entanto, percebo que ali os coches têm mais "espaço para respirar" e não estão todos em cima uns dos outros. Ainda assim, o Picadeiro Real continua a ser o edifício que mais me agrada, primeiro pelos coches que lá estão, segundo porque tem uma energia diferente e terceiro porque tem alguns quadros lindos (podem ver alguns nas fotos abaixo). Por isso, o melhor é verem por vocês mesmos, mas antes deixo-vos algumas fotos para vos "abrir o apetite".

 

Já agora, o Museu Nacional dos Coches pode ser visitado de terça a domingo entre as 10h e as 18h, sendo que os preços vão dos 4€ aos 8€ (consoante visitem uma ou as duas partes do museu). Claro que, para quem está desempregado é grátis e no primeiro domingo de cada mês também tem entrada livre.

 

 PS: Podem ver outras visitas da série "Ser turista na minha cidade" aqui

_SAM7245-1.JPG

_SAM7251-2.JPG

_SAM7255-4.JPG

_SAM7258-5.JPG

_SAM7271-6.JPG

_SAM7273-7.JPG

_SAM7275-8.JPG

_SAM7279-9.JPG

_SAM7282-10.JPG

_SAM7299-13.JPG

_SAM7300-14.JPG

_SAM7308-15.JPG

_SAM7315-17.JPG

_SAM7321-18.JPG

_SAM7323-19.JPG

_SAM7339-22.JPG

_SAM7350-23.JPG

Picadeiro Real

_SAM7379-31.JPG

_SAM7354-25.JPG

_SAM7355-26.JPG

_SAM7363-27.JPG

_SAM7369-28.JPG

_SAM7376-29.JPG

_SAM7377-30.JPG

_SAM7381-32.JPG

_SAM7390-33.JPG

_SAM7392-34.JPG

Graziela

Ser turista na minha cidade parte 13: Galerias Romanas da Rua da Prata

Galerias_pequenas-8856.jpg

Fotos: Graziela Costa

 

Já imaginaram conhecer o subsolo de Lisboa? Eu tive a sorte de conseguir fazê-lo numa das poucas visitas que são feitas todos os anos às Galerias Romanas da Rua da Prata. Normalmente, este acontecimento é anunciado em todos os meios de comunicação e por isso geram-se filas enormes para conhecer estes criptopórticos. Como muita gente não tem paciência para esperar ou como não sabe se vai valer a pena o tempo que vai estar na fila decidi partilhar as fotos que fiz na minha visita.

 

Estas "tours" têm uma duração de 20 minutos, entrada livre e são feitas por técnicos do Museu da Cidade e do Centro de Arqueologia de Lisboa (eu gostei muito, pois fiquei a saber coisas que nem imaginava). As próximas visitas guiadas às galerias romanas realizam-se nos dias 17, 18 e 19 de Abril, entre as 10h00 e as 18h00 (última entrada às 17h30).

 

Para conseguirem ver este património arquitectónico basta dirigirem-se junto ao número 77, da Rua da Conceição, em Lisboa.

 

Já agora, aconselho-vos a levar botas porque o chão está sempre molhado (normalmente, as galerias estão submersas para se conservarem melhor).

 

Divirtam-se e consultem aqui os outros "Ser turista na minha cidade".

 

Transportes:

Metro (Linha Azul): Baixa Chiado ou Terreiro do Paço

Autocarro / Elétrico: 732, 15E, 736, etc.

Galerias_pequenas-8858.jpg

Galerias_pequenas-8861.jpg

Galerias_pequenas-8863.jpg

Galerias_pequenas-8867.jpg

Galerias_pequenas-8868.jpg

Galerias_pequenas-8869.jpg

Galerias_pequenas-8870.jpg

Galerias_pequenas-8872.jpg

Galerias_pequenas-8874.jpg

Graziela

Eventos grátis a decorrer nos próximos dias

10922533_949042295135897_2713505612970456798_n.png

A Lierac faz 40 anos e convida as suas consumidoras para um Open Day com direito a diagnóstico de pele e outras surpresas. O evento acontece dia 7 de Fevereiro entre as 14h30 e as 17h30. Inscrevam-se gratuitamente em http://goo.gl/forms/6V9A6cLUNv

 

10848922_1023198874361524_1061465841718757888_o.jp

 

O Instituto Espanhol (Lisboa) promove aulas grátis (nível inicial), dias 4 (4ª) e 5 (5ª) de Fevereiro, das 19h às 20h. Inscrevam-se enviando o vosso nome completo, morada, data de nascimento, telefone e BI / CC para manager@institutoespanhol.pt

 

10918964_936643746348779_6338759060556515140_o.jpg

 

Para aqueles que estão a pensar em criar um blogue, mas têm algumas dúvidas recomendo o workshop "Vamos criar um blog!" nos próximos dias 11, 18 e 25 de Fevereiro (10:30h -12:30h), no Centro Comercial Alegro Alfragide (no Piso 0 // Experience BOX). O workshop vai ser ministrado por Ricardo Martins Pereira, autor do blogue “O Arrumadinho”. O evento tem entrada livre,  mas obriga a uma inscrição prévia no Balcão de Informações, através do telefone 217 125 403 ou do e-mail cliente.alegro.alfragide@auchan.pt.

 

Já agora, podem ver outros eventos com entrada livre no site do Centro Comercial Alegro Alfragide.

 

b458d78b2de690f23f06a5047cb6c97b9ce8c629.jpg

O Museu do Oriente (Lisboa) organiza uma visita à exposição “Jóias da Carreira da Índia” à luz da temática transversal da condição feminina em Portugal e Goa, nos séculos XVI XVII.

 

Conduzida por João Paulo Oliveira e Costa, esta visita introduz e convida a leituras complementares da exposição, partindo dos objectos para abordar aspectos sociais, políticos ou económicos do seu contexto histórico.

 

A visita acontece dia 29 Janeiro às 18h. A entrada é gratuita, mediante inscrição. Podem inscrever-se aqui.

 

Já agora, podem ainda ver a minha visita ao Museu do Oriente neste post

10958820_10155160145115504_4167511539249555829_n.j

 

As lojas DeBorla promovem uma série de workshops grátis no Porto, em Sintra, em Braga, etc. Os eventos têm entrada livre, mas requerem inscrição através do email clientes@deborla.pt

 

10404304_10155163849475504_2793949331520157775_n.j

 

Graziela

Menu Encontro Atlântico de Sabores: uma fusão luso-brasileira bem sucedida

Via_Graca_Graziela_Costa-2236.jpg

  Fotos: Graziela Costa

 

Eu gosto de comer bem e acho que às vezes mais vale gastar mais um pouco numa boa experiência, do comer barato mas mal e, por isso ao longo dos últimos dois anos tenho vindo a experimentar novos restaurantes e novos estilos gastronómicos. Também, a minha adesão ao Zomato veio alimentar a minha curiosidade para descobrir novos restaurantes. Na passada quinta feira, fui convidada para experimentar o Menu de Degustação de oito pratos do Chef português João Bandeira e do Chef brasileiro Pablo Oazen. Um menu resultante do cruzamento dos sabores portugueses com os do Brasil e que pode ser apreciado no Restaurante Via Graça até dia 23 de Novembro.

 

Confesso que esta foi a primeira vez que fui ao Via Graça e adorei: a vista é fantástica (como podem ver pelas imagens, mesmo num dia de chuva, este restaurante tem uma das melhores vistas sobre Lisboa), o espaço está bem decorado e o atendimento é muito bom. 

Via_Graca_Graziela_Costa-2231.jpg

Via_Graca_Graziela_Costa-2224.jpg

Via_Graca_Graziela_Costa-2229.jpg

Via_Graca_Graziela_Costa-2139.jpg

Quando vamos a um restaurante, raramente vemos os chefs e uma das coisas que mais gostei nesta experiência, foi o facto de os dois chefs estarem presentes para nos explicarem como criaram e confeccionaram os pratos. Neste caso, é uma experiência que todos os clientes vão poder usufruir, pois eles fazem questão de proporcionar este momento a todos os que vão degustem deste menu.

 

Comecei a minha refeição com uns snacks bem deliciosos.

Via_Graca_Graziela_Costa-2141.jpg

Caviar de quiabo, ketchup mineiro (goiabada em vez de tomate), queijo da ilha panado e frango frito. 

Finalmente, encontrei um caviar que gosto, mas também não é de estranhar porque o quiabo não é um peixe. Eheheheh

Via_Graca_Graziela_Costa-2143.jpgCaipi Nitro

Beber uma caipirinha é sempre agradável, mas em versão gelado ainda é mais giro, até porque o aspecto é tão apelativo que dá vontade de comer mais do que uma.

Via_Graca_Graziela_Costa-2145.jpg

 Pão de queijo e presunto pata negra

Desde que conheci o pão de queijo que sou fã, mas por acaso nunca tinha experimentado com presunto e é fantástico. Eu não resisti e repeti várias vezes.

Via_Graca_Graziela_Costa-2170.jpg

 Dona Maria 2013, provavelmente o melhor vinho rosé que bebi nos últimos tempos.

Via_Graca_Graziela_Costa-2156.jpg

Vieiras coradas, ar de caril e crumble de morcela

Gostei do crumble de morcela e do ar de caril, as vieiras não gostei muito porque eu gosto de tudo muito bem passado (peixe, carne, ovos, etc). Nunca tinha experimentado uma espuma e deixa uma sensação na boca bastante agradável. 

Via_Graca_Graziela_Costa-2159.jpg

 Terrina de rabada, castanhas brasileiras e espuma de tubérculos

Tudo neste prato é agradável! A espuma de tubérculos tem uma textura super macia, as castanhas dão um crocante ao prato provocando-nos diversas sensações e rabada tem um tempero muito muito saboroso.

Via_Graca_Graziela_Costa-2167.jpg

Via_Graca_Graziela_Costa-2174.jpg

Via_Graca_Graziela_Costa-2181.jpg

 Peixe do dia (neste caso, garoupa), puré de bananas caramelizadas e quiabos tostados

Normalmente, sou uma pessoa mais de carne, mas curiosamente os pratos que mais gostei deste menu foram os pratos de peixe. Tanto a garoupa como o bacalhau estavam mesmo no ponto e tanto o puré de banana como a mousseline de cítricos e verduras faziam com que sabor dos peixes sobressaísse ainda mais na boca. Foram sem dúvida, as duas propostas que mais me agradaram.

Via_Graca_Graziela_Costa-2184.jpg

Bacalhau confitado em azeite e conhaque, mousseline de cítricos e verduras

Via_Graca_Graziela_Costa-2191.jpg

 Abacate – Limão – Cachaça (para limpar o palato)

Não acho que tenha limpado muito o palato, mas soube bem.

Via_Graca_Graziela_Costa-2200.jpg

 Pato, cuscuz de canjiquinha e tucupi

Desde pequena que não gosto muito de pato, mas ainda assim provei este prato. A carne esta saborosa, mas que gostei mais foi do cuscuz de canjiquinha e o molho de tucupi.

Via_Graca_Graziela_Costa-2168.jpg

Via_Graca_Graziela_Costa-2205.jpg

Fusão de caça (perdiz, faisão, lebre, javali) com a agressividade dos picles de legumes

As carnes desta empada estavam deliciosas e bem macias, o que ajuda bastante pois o picles são realmente agressivos. O problema deste prato, é que nesta altura já estamos tão "cheios" que acabamos por não o apreciar como devíamos.

Via_Graca_Graziela_Costa-2210.jpg

Serpa DOP, agrião e abóbora

Gostei do queijo e adorei a abóbora, o agrião acho que não acrescenta nada ao prato em si.

Via_Graca_Graziela_Costa-2216.jpg

 Manga – Coalhada – Mel

Eu adoro manga, mas confesso que nunca tinha experimentado desta forma e adorei (até repetia). Gostei do facto de, quando colocamos uma destas bolinhas de manga na boca ela rebenta e ficamos com um gostinho doce. Também o favo de mel dá um toque especial a esta sobremesa.

Via_Graca_Graziela_Costa-2221.jpg

Depois de estar quase cinco horas à mesa, esta é sem dúvida uma experiência diferente de todas as outras que tive até hoje. Não aconselho é fazer isto ao jantar porque convém terem tempo para caminharem por Alfama e digerirem tudo. Quanto ao restaurante, de certeza que vou voltar, pois tudo me pareceu fantástico e uma vez por outra gastar 60 euros numa refeição acho que é um presente (a nós próprios) que qualquer um de nós merece.

Graziela

Borlas da semana

A Aquafresh oferece vales de desconto nos seus produtos. Imprimam aqui.

 

A Fructis continua a oferecer amostras do seu novo champô. Peçam a vossa amostra aqui.

 

Imprimam o vosso vale em Alimenta Sorrisos.

 

 A Garnier oferece novamente amostras do seu bb cream. Peçam a vossa aqui.

 

A propósito da Trienal de Arquiectura, Lisboa volta a abrir portas de alguns dos seus mais imponentes espaços. Vejam aqui, o que podem visitar grátis.

Graziela

Ser turista na minha cidade parte 3: Museu do Oriente

 Fotos: Graziela Costa

 

Ontem, foi mais um dia de museus grátis (o próximo é dia 2 de Novembro), mas infelizmente eu não pude ir porque estive a fazer outras coisas (levei a Júlia a um encontro Pinchers e adorámos), mas recentemente fui visitar o Museu do Oriente e gostava de partilhar uma imagens convosco, pois quem sabe não vos desperta o bichinho para lá irem. 

 

Nos últimos tempos tenho aproveitado para ir visitar locais aos quais nunca tinha ido e rever aqueles que mais gostei e têm entrada livre. A minha ideia é ir partilhando alguns museus e locais que podem visitar gratuitamente, pois assim já não têm desculpa para ficar em casa a deprimir. 

 

O último museu que visitei foi o Museu do Oriente, pois às sextas feiras entre as 18h e as 22h pode ser visitado gratuitamente. Neste espaço podem encontrar algumas peças representantes da ligação portuguesa aos países do Oriente (China e Índia).

 

 

Eu adorei ver os trajes, as louças e as sombras chinesas. Por sorte, também apanhei três exposições temporárias: uma de fotografia e duas de pintura, mas acho que já terminaram, no entanto eles têm sempre diversas exposições, por isso de certeza que vão ver alguma coisa interessante.

 

Brevemente, acho que vou fazer um circuito por Belém ou ver o Museu do Teatro / Traje, mas até lá espero que estas fotos vos inspirem a sair de casa e a descobrir novos locais. 

 

Já agora, se souberem de sítios giros e grátis para eu visitar comentem neste post ou no Facebook do Blog

 

Podem ver outras visitas da série "Ser turista na minha cidade" aqui.

Graziela

Planos para o fim de semana

Estes dois últimos dias fui entregar Cvs aos centros comerciais. Passei no Amoreiras e no Vasco da Gama, mas o balanço é bem negativo, só entreguei cinco currículos. Amanhã vou ao Colombo tentar a minha sorte, entretanto também fui a uma entrevista para vender produtos da PT de porta em porta, mas não fui seleccionada. A verdade é que não sou muito boa a tentar vender coisas em que não acredito.

 

Deixo-vos uma boa sugestão para o fim de semana. Os eventos têm entrada gratuita. Eu amanhã de manhã vou assistir à sessão fotográfica dos Burgueses para ver se aprendo mais algumas coisas.

 

 

PS: Ontem depois de ter ido a um workshop grátis de cinema promovido pela Canon no São Jorge, passei na festa da Mango que fiasco só vos digo. Vê-se bem que a crise anda aí.

 

Vamos lá ver o que me reserva a próxima semana.

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.