Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Dicas: usar a garantia da marca

_SAM7410-4.JPG

 Fotos: Graziela Costa

 

Há muito que queria ter uma carteira Longchamp, aliás até escrevi sobre isso no blogue, mas o meu orçamento nunca me permitiu. Ainda assim, no verão passado quando estive de férias em casa da minha tia, em Paris vi que "toda a gente" andava com estas carteiras na rua e ela disse-me que também tinha uma, mas nem ligava aquilo. Usava-a para ir às compras e como a alça se estragou foi para a dispensa. Claro que, eu quis ver a dita cuja e como estava tão "vidrada" na carteira ela disse: "olha, se quiseres fica com ela" e foi o que eu quis ouvir, até porque o meu primo faz arranjos rápidos e facilmente deixou a alça como nova. Só não conseguiu foi arranjar os cantinho rotos da mala, mas mesmo assim trouxe-a comigo para Portugal. 

 

Quando voltei ainda a usei várias vezes, mas como os buracos dos cantinhos estava a ficar maiores tive de a voltar a arrumar. No entanto, outro dia quando fui ao El Corte Inglés passear com uma amiga passámos no stand da Longchamp e por acaso comentei com ela que tinha uma Le Pliage, mas não a conseguia usar por causa do problema dos cantinhos. Curiosamente, a empregada ouviu a nossa conversa e disse-me a marca reparava esse defeito gratuitamente desde que fosse uma carteira original. Bem, fiquei tão feliz que no dia a seguir fui logo lá levar a carteira e passadas três semanas voltou impecável. Ou seja, vale sempre a pena ver se os acessórios (carteiras, relógios e malas de viagem) que compramos têm assistência técnica. Até porque muitas vezes nem temos de pagar para arranjo. Por exemplo, a Eastpak é conhecida pela sua garantia de 30 anos e a Guess também costuma arranjar as suas carteiras gratuitamente. 

 

Conclusão: nunca arrumem uma peça sem ver se há solução! 

 

PS: Podem ver outras dicas neste post.

_SAM7406-1.JPG

Ficou como nova!

_SAM7407-2.JPG

O pormenor dos cantos depois de arranjados (ainda que com marcas de uso).

_SAM7408-3.JPG

Graziela

Dicas: formas alternativas de usar o cartão de refeição

iStock_000054523678_Small.jpg

Numa tentativa de beneficiar os trabalhadores e poupar nos impostos muitas empresas estão a aderir aos cartões de refeição. Uma boa medida porque recebemos mais "dinheiro", mas ao mesmo tempo má porque aquele montante fica lá retido. Como eu vivo sozinha acabo por não gastar o total do meu subsidio de refeição e com o passar do tempo já lá tinha uma bela maquia acumulada. Até que numa ida ao Continente reparei que eles vendem cartões presente (), que depois de carregados podem ser utilizados no supermercado, na Zippy, na Sportzone, na Bookit, na Worten, na Mo e na Wells. Desde então sempre que preciso de comprar algum remédio ou outra coisa que me apeteça carrego o cartão e vou à loja que quero. 

 

Para além do cartão Dá existe também o cartão presente do Pingo Doce que é válido nessa cadeia de supermercados, na Code (ah tenho uma série de peças de lá para vos mostrar), na Spot (sapataria) e na BemEstar.

 

Finalmente, o Jumbo disponibiliza os Cartões Presente Escolha Feliz Jumbo e Gasolineiras que  podem ser recarregáveis ou não. Sendo que, o primeiro é válido em todas as Lojas deste supermercado, Pão de Açúcar, Saúde e Bem Estar, Ópticas, PET, Jumbo Natureza e Box. Já o segundo, só pode ser ser utilizado na caixa das Gasolineiras Jumbo. No entanto, como não testei este último não sei se funciona tão bem quanto os das outras cadeias de supermercados. Ainda assim, vale sempre a pena ter alternativas para usar aquele dinheiro que tanto nos irrita por estar ali parado.

 

PS: Se quiserem conhecer mais dicas de poupança vejam já este post.

Graziela

Dicas: dinheiro mal parado

12540535_10156375892280648_794747835047440072_n.jp

Foto: Graziela Costa

 

Odeio desperdiçar dinheiro, mas ter dinheiro mal parado ainda me deixa mais irritada. Se bem se lembram, em janeiro de 2015 fui a Londres tentar entregar alguns currículos e nessa altura precisei de trocar algumas libras por euros. No entanto, como estava com medo de ficar sem "verba" a meio da viagem acabei por não comprar nada para mim e quando voltei ainda trouxe cerca de 22 libras.

 

Volta não volta quando andava a arrumar a minha gaveta dos acessórios lá dava eu de caras com aquelas notas e moedas, até que a amiga que nos recebeu quando lá estivemos e que entretanto vinha a Portugal me perguntou se precisava de alguma coisa de lá. Nessa altura fez-se "luz", pois eu precisava de uma recarga para o meu projeto Polaroid. Assim, procurei algumas lojas que vendessem recargas Impossible Project, mas ela lembrou-se que talvez fosse mais barato no Amazon UK e tinha razão. Tanto que, além da recarga ainda deu para comprar uma bolsa para a minha Fujifilm Instax Mini 8 (devera mais barata do que se comprasse na Fnac).

 

Conclusão: não é que eu tenha poupado dinheiro, pois ele já estava empatado, mas evitei gastar mais. Ou seja, às vezes a alternativa está mesmo à nossa frente, nós é que não nos lembramos.

 

PS: Se quiserem conhecer mais dicas de poupança espreitem este post.

Graziela

Dicas: como ter um novo cartão sim grátis

wt-sims-global-micro-and-nano-jpeg.jpgHá uns meses atrás quando ganhei o iphone deparei-me com um problema: o meu cartão sim era grande demais para o novo telemóvel. Assim, desloquei-me a uma loja da minha operadora para tentar perceber quanto custava um micro sim novo e para minha surpresa até foi grátis (e ativaram-no na hora).

 

Depois, mais recentemente roubaram o telemóvel da minha prima e como ela não queria ficar sem aquele número disse para experimentar o mesmo discurso e funcionou, caso contrário teria de pedir uma segunda via do cartão e aí já teria de pagar. Ou seja, caso percam o vosso cartão ou precisem de mudar para um novo modelo de sim, já sabem que têm esta opção.

 

PS: Se quiserem conhecer mais dicas de poupança leiam este post.

Graziela

Passatempo / Review - Já a Minha Avó Sabia / Vida de Desempregada

_MG_3192aa.jpg

Foto: Graziela Costa

 

É estranho como há cinco anos atrás não pensava como um dia iria tratar da minha casa, agora com 27 anos a conversa é diferente e começo a ter vontade de conhecer todas as dicas sobre tudo e mais alguma coisa. Aqui há uns meses descobri o livro "Já a minha avó sabia" da Erin Bried, após a leitura da sinopse do livro fiquei logo fascinada. Quando o recebi em casa folheei-o logo de uma ponta a outra.  

 

Neste livro podemos encontrar mais de 100 dicas sobre cozinha, limpeza, jardinagem, lazer e tantos outros temas da vida quotidiana. Então, seria mais um livro sobre dicas, não era? Realmente, tem dicas, mas o que eu mais gostei neste livro é mesmo a forma como a autora escreve e lá no fundo até sentimos um pequeno humor negro, pequeno toques que tornam a leitura de "Já a minha avó sabia" deliciosa. 

 

Entre as dicas mais importantes do livro estão:

- Planear a ementa semanal;
- Usar vinagre para limpar quase tudo;
- Remover a maior parte das nódoas;
- Perfumar a casa sem velas;
- Conseguir uma boa noite de sono;
- Fazer compras sem crédito;
- Iniciar um pé-de-meia;
- Lidar com um problema no seu bairro;

- Como ganhar uma discussão completamente idiota (sem ter de falar muito);

- Como delegar.

 

No entanto, fiquei também curiosa em experimentar algumas das receitas presentes no livro. Nomeadamente, os cocktails, as panquecas de mirtilos e as tartes que podem ser de maçã, morango, etc.

 

"Já a minha avó sabia" de Erin Bried está à venda na maioria das livraria do país e tenho a certeza que dará uma prenda de Natal espectacular. Como eu sei que vocês merecem prendinhas e eu este ano em vez de fazer um megapassatempo de Natal vou lançar todas as semanas novos passatempos, em parceria com a editora Guerra & Paz tenho um exemplar para vos oferecer. 

 

Para se habilitarem a este prémio só têm de preencher as entradas do formulário abaixo (atenção, todas as entradas obrigatórias e se não as cumprirem serão desclassificados). 

 

Este passatempo só é válido para residentes em Portugal e termina dia 7 de Dezembro à meia noite. Os vencedores serão apurados via random e cada pessoa só pode participar uma vez por dia.

 

Boa sorte e não se esqueçam, a partir de agora e até ao final do ano vou ter passatempos todas as semanas. 

 

PS: Não se esqueçam de participar também no passatempo "Terra Lusa".

 

Graziela

Contas Poupança

 

Confesso que não sou uma pessoa que goste muito de aparecer, mas quando me fizeram o convite para uma entrevista no "Contas Poupança" pensei: "Porque não? Assim, as pessoas podem conhecer o blog."

 

Para quem não viu, aqui fica o resultado.

 

Obrigada à equipa do "Contas Poupança" por terem sido tão simpáticos comigo.

 

PS: Peço desculpa por ainda não ter respondido a todos os mails e comentários que têm chegado, que felizmente são muitos. {#emotions_dlg.smile}

 

Atenção, temos três passatempos a decorrer no blog (FruutBijucatita e Lutsine Xeramance Radiance). 

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.