Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Estudar outra vez

_MG_4030aa.png

Fotos: Graziela Costa

 

Eu sou daquelas pessoas que gostam de estudar e de aprender sempre um pouco mais. Assim, no inicio do mês de setembro decidi melhorar o meu nível de Espanhol e fui fazer o curso Inicial 1, no Instituto Espanhol. Uma escola com professores "nativos" mesmo no centro de Lisboa.

 

Na altura, mesmo estando desempregada inscrevi-me no horário pós laboral e penso que foi o melhor porque entretanto iniciei um novo estágio profissional e as turmas de pós laboral normalmente têm um ritmo mais rápido, já que as pessoas procuram resultados mais práticos.

 

Aliás, a minha turma era composta apenas por pessoas que já trabalhavam e que tinham como objetivo aprender Espanhol para melhor nos seus empregos ou conseguir novas oportunidades, o que fez com que as aulas também tivessem uma componente muito virada para a parte de negócios.

 

O pior foi mesmo ter tempo para fazer os trabalhos de casa e estudar para os testes, pois apesar de as aulas serem intensivas e fazermos muitos exercícios durante o período letivo, quando chegávamos a casa ainda tínhamos redações e mais exercícios no Moodle (estes últimos, opcionais). De qualquer forma, estudar é isso mesmo e quando se está a pagar um curso temos de o rentabilizar e alcançar o objetivo ao qual nos propusemos. No meu caso, apesar de ter tido algumas dificuldades em gerir o meu tempo de estudo acho que estou a conseguir alcançar a minha meta, até porque neste momento estou com média de 9 (a notas no sistema Espanhol vão de 0 a 10), ou seja é muito bom!  

 

Agora, resta-me acabar o curso e pensar se vou continuar no nível seguinte, pois o Instituto Espanhol inicia novos cursos ainda esta semana.

 

_MG_4031aa.png

PS: Ficam também as fotos do melhor complemento para o estudo: um bom Nescafé Cappucino Caramelo e uma mão cheia de Oreos. Nhami!

Graziela

Aulas grátis de espanhol

10484565_1151748661506544_5576673390769224275_o.jp

Como sabem estou a fazer um curso intensivo no Instituto Espanhol, de Lisboa e reparei que dias 14 e 16 de setembro eles vão ter aulas grátis (nível inicial). Se sempre tiveram curiosidade em saber um pouco mais de Espanhol ou têm curiosidade em aprender este idioma aconselho-vos a inscreverem-se nestas aulas, pois são uma amostra do que eles têm para oferecer e ficam logo a saber qual o vosso nível, se por acaso no futuro se quiserem inscrever num dos seus cursos. Para frequentarem estas aulas apenas têm de enviar um email para manager@institutoespanhol.pt

 

PS: Brevemente, vou fazer também um post sobre como a minha experiência neste novo curso de Espanhol.

Graziela

Sobre o desemprego... e começar uma nova aventura

_SAM6089aa.png

 

Sabem quando vocês adoram o que fazem, têm bom feedback sobre o vosso trabalho, mas de repente voltam de férias e vos dizem que o vosso contrato não vai ser renovado, pois isso foi o que me aconteceu. No entanto, se bem se lembram ainda partilhei com orgulho as fotos das minhas primeiras férias à séria, pagas por mim e fruto do meu trabalho, claro que na altura quando fiz esses posts já sabia que ia ficar de novo desempregada, mas ainda assim sentia-me orgulhosa de todo o trabalho que tinha realizado naqueles seis meses e tudo o que tinha aprendido. Sim, também posso dizer que andei alguns dias um pouco abananada e a questionar todo o meu percurso naquela empresa, mas por fim percebi que estava tudo bem comigo, simplesmente eles pretendiam alguém que não eu e por isso no meu último mês de contrato dei o melhor de mim, como sempre faço. Já no último dia saí de cabeça erguida, com uma carta de recomendação deveras merecida e com muita vontade de procurar uma nova oportunidade que me desafie tal como aquele trabalho me desafiou, mas que acima de tudo me proporcione aprender mais sobre comunicação digital.

 

Depois seguiram-se as idas ao centro de emprego, à segurança social, ao banco e as dúvidas se iria ter algum tipo de subsídio de desemprego. Resolvidas as questões burocráticas foi tempo de começar a responder a novos anúncios, a enviar currículos espontâneos e até já fui a algumas entrevistas. Uma não era aquilo que dizia no anúncio, a segunda correu super bem e a terceira foi mais ou menos, mas sinto que agora já sei o que quero fazer: quero trabalhar em redes sociais, em marketing e em comunicação imediata e isso faz com que me sinta muito mais à vontade nas entrevistas de emprego. No entanto, sou uma eterna insatisfeita e quero sempre mais, por exemplo no meu emprego anterior senti que o meu espanhol estava um pouco enferrujado, por isso quando soube que ia ficar desempregada decidi que uma das minhas prioridades ia ser melhorar o espanhol, já que apesar de ter vivido um ano em Espanha (Erasmus) a falta de prática já me começava a atraiçoar e vários amigos sugeriram-me o Instituto Espanhol de Línguas (Lisboa). Ainda assim, uma conversa com um colega jornalista no gabinete de imprensa do Festival Paredes de Coura foi decisiva, pois ele tinha acabado de fazer um curso lá e falou-me do sistema intensivo, um nível num mês, o método de avaliação com recurso da testes e composições e finalmente, o ambiente descontraído parecido com o do International House, do qual eu já vos falei antes.

 

Ontem, comecei então o meu curso e adorei! A professora era super simpática, divertida e pôs-nos todos muito à vontade. Duro vai ser estudar tanto num mês (tenho aulas de três horas quatro vezes por semana), mas acho que isso fica para um próximo post. 

 

PS: Se quiserem saber mais sobre estes cursos consultem a página do Instituto Espanhol de Línguas e claro, se souberem de anúncio de emprego que achem que é a minha cara basta enviarem um email para vidadedesempregada@sapo.pt que eu estou sempre atenta. 

Graziela

Eventos grátis a decorrer nos próximos dias

10922533_949042295135897_2713505612970456798_n.png

A Lierac faz 40 anos e convida as suas consumidoras para um Open Day com direito a diagnóstico de pele e outras surpresas. O evento acontece dia 7 de Fevereiro entre as 14h30 e as 17h30. Inscrevam-se gratuitamente em http://goo.gl/forms/6V9A6cLUNv

 

10848922_1023198874361524_1061465841718757888_o.jp

 

O Instituto Espanhol (Lisboa) promove aulas grátis (nível inicial), dias 4 (4ª) e 5 (5ª) de Fevereiro, das 19h às 20h. Inscrevam-se enviando o vosso nome completo, morada, data de nascimento, telefone e BI / CC para manager@institutoespanhol.pt

 

10918964_936643746348779_6338759060556515140_o.jpg

 

Para aqueles que estão a pensar em criar um blogue, mas têm algumas dúvidas recomendo o workshop "Vamos criar um blog!" nos próximos dias 11, 18 e 25 de Fevereiro (10:30h -12:30h), no Centro Comercial Alegro Alfragide (no Piso 0 // Experience BOX). O workshop vai ser ministrado por Ricardo Martins Pereira, autor do blogue “O Arrumadinho”. O evento tem entrada livre,  mas obriga a uma inscrição prévia no Balcão de Informações, através do telefone 217 125 403 ou do e-mail cliente.alegro.alfragide@auchan.pt.

 

Já agora, podem ver outros eventos com entrada livre no site do Centro Comercial Alegro Alfragide.

 

b458d78b2de690f23f06a5047cb6c97b9ce8c629.jpg

O Museu do Oriente (Lisboa) organiza uma visita à exposição “Jóias da Carreira da Índia” à luz da temática transversal da condição feminina em Portugal e Goa, nos séculos XVI XVII.

 

Conduzida por João Paulo Oliveira e Costa, esta visita introduz e convida a leituras complementares da exposição, partindo dos objectos para abordar aspectos sociais, políticos ou económicos do seu contexto histórico.

 

A visita acontece dia 29 Janeiro às 18h. A entrada é gratuita, mediante inscrição. Podem inscrever-se aqui.

 

Já agora, podem ainda ver a minha visita ao Museu do Oriente neste post

10958820_10155160145115504_4167511539249555829_n.j

 

As lojas DeBorla promovem uma série de workshops grátis no Porto, em Sintra, em Braga, etc. Os eventos têm entrada livre, mas requerem inscrição através do email clientes@deborla.pt

 

10404304_10155163849475504_2793949331520157775_n.j

 

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.