Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Paper Shoot: o efeito surpresa

_MG_6684aa.png

Fotos: Graziela Costa

 

Eu amo máquinas fotográficas ou não tivesse eu estudado fotografia. Aliás, quem me conhece sabe que a melhor coisa que me podem oferecer é mesmo uma máquina fotográfica, seja analógica, digital, instantânea, lomo, etc... eu gosto de todas!

 

Há uns meses estava eu no Facebook quando me apareceu um pop up com publicidade às Paper Shoot, claro que fui logo ver o que era. Primeiro vi a página que anunciavam para poder ver que máquinas eram estas, depois fui ao Google e ao YouTube para ler mais e ver vídeos sobre elas. Achei-lhes logo imensa piada, pois são feitas com papel reciclado e têm o mesmo tamanho que um telemóvel (perfeitas para andar na carteira e usar em qualquer ocasião).

_SAM2725a.png

As diversas peças da Paper Shoot.

_SAM2733aa.png

 

A minha Paper Shoot é a Happy Valentine - Birdie Tweets (existem diversas ilustrações e até existe uma máquina totalmente branca para que cada pessoa possa personalizar à sua maneira) e nos últimos meses, todos os dias vai comigo na carteira. Gosto dela pelo seu tamanho, pela sua versatilidade, isto é, adapta-se a qualquer ambiente interior ou exterior (apesar de nas instruções aconselharem a usar só durante o dia para melhores resultados), pelos seus efeitos: a cores, a preto e branco, dias frios e dias quentes e pelo seu mistério porque tal como as lomos tradicionais, não conseguimos ver as fotos na hora, por isso quando as descarrego é sempre uma surpresa.

 

Esta máquina tem 5 megapixels e apesar de parecer pouco surpreendeu-me bastante, porque a primeira vez que a usei foi quando fui a Londres e mesmo à noite portou-se muito bem, aliás podem ver pelas fotos que agora publico. Entretanto, já a levei para espectáculos e mesmo assim safou-se bem, por isso acredito que quem goste de máquinas simples e com efeitos engraçados também irá adorar as Paper Shoot.

 

Uma coisa, segundo sei estas máquinas não são muito fáceis de encontrar em Portugal, mas podem contactar a página da Paper Shoot que eles ajudam. 

 

Já agora, vocês gostam de fotografia? Têm alguma máquina? O que gostam de fotografar?

 

Vá contem-me tudo! 

PTDC0004.JPG

PTDC0014.JPG

PTDC0015.JPG

PTDC0016.JPG

PTDC0019.JPG

PTDC0025.JPG

PTDC0048.JPG

PTDC0006.JPG

PTDC0020.JPG

PTDC0058.JPG

Graziela

A melhor prenda do mundo: Fujifilm Instax Mini 8

 Fotos: Graziela Costa | Pregadeira: Felt On Felt

 

Por altura dos meus anos chegou-me às mãos a nova Fujifilm Instax Mini 8 e quem me conhece sabe que eu adoro fotografia instantânea (até tenho um projecto chamado "The Road", que desenvolvo desde 2009), por isso esta máquina foi o melhor presente que podia receber!

 

A Fujifilm Instax Mini 8 está disponível em cinco cores (preto, azul, rosa, amarelo e branco), tem um design super feminino, é leve e as suas recargas encontram-se à venda na maioria das grandes lojas e até mesmo online, o que faz com que seja possível andar mais vezes com a máquina e não guarda-la só para momentos mais especiais, já que a fotografia instantânea é isso mesmo: captar instantes.

 

Uma das coisas que mais gosto nesta máquina também é o facto de dizer a numeração das fotos, pois a minha outra máquina não diz quantas fotos já tirei e uma vez, quando estava em Paredes de Coura e ia fotografar os Palma Violets acabaram-se os filmes e eu não tinha mais cartuchos. Se soubesse quantas fotos já tirado isso não tinha acontecido. Hi 5 para esta nova máquina!

 

Como o Verão está aí à porta, tenho levado esta menina para todo o lado, até já a levei para um editorial e estou ansiosa por vos mostrar as fotos, mas por enquanto veem só a Júlia (cadela) que também gosta de ser modelo de vez em quando.

 

Já agora, eu tenho por hábito dar nomes às minhas máquinas fotográficas, têm alguma sugestão para esta azulinha (até combina com o logo do blog)?

 

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.