Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Garantia Jovem, uma medida que pode vir a ajudar na procura de emprego

 

Recentemente, foi criada a Garantia Jovem, uma media que "aparece como resposta à elevada taxa de desemprego dos jovens." Segundo o seu site oficial, a Garantia Jovem pretende ser "um compromisso para que gradualmente e num prazo de 4 meses após o jovem sair do sistema de ensino ou do mercado de trabalho, lhe seja feita uma oferta de emprego, de continuação dos estudos, de formação profissional ou de estágio.

 

A Garantia Jovem não é uma garantia de emprego. Mas tem como objectivo dar aos jovens, o mais rapidamente possível, uma oportunidade para apostar na sua qualificação e estar em contacto com o mercado de trabalho, com vista a combater a inactividade e o desemprego dos jovens."

 

 

Principais objectivos

 

  • Aumentar as qualificações dos jovens
  • Facilitar a transição para o mercado de trabalho
  • Reduzir o desemprego jovem

 

A quem se destina

  • Menores de 30 anos de idade
  • Jovens que não estão a trabalhar
  • Jovens que não estão a estudar, em formação ou em estágio

 

Em Portugal, a Garantia Jovem vai apoiar os jovens até aos 29 anos (inclusive), que não estão nem a trabalhar nem inseridos no sistema educativo e formativo.

 

O que oferece aos jovens

 

De acordo com as preferências e necessidades de cada jovem, a Garantia Jovem oferece várias oportunidades ao nível da participação em medidas de ensino, formação e emprego. Para além disso, oferece aos participantes orientações no sentido de encontrar uma carreira à sua medida.

 

 

Como funciona

 

A Garantia Jovem em Portugal é desenvolvida de acordo com os seguintes princípios orientadores:

  1. Rápida identificação e activação dos jovens
  2. Trabalho em rede por um conjunto alargado de parceiros ao nível local
  3. Oferta de respostas ajustadas às necessidades

 

Para mais informações consulta o site http://www.garantiajovem.pt/ e a legislação de enquadramento da implementação da Garantia Jovem em Portugal - Resolução de Conselho de Ministros n.º 104/2013, de 31 de dezembro."

Graziela

Programa de apoio ao arrendamento jovem - Porta 65 Jovem

 

Há alguns anos atrás, a minha prima falou-me num programa de apoio ao arrendamento jovem, do qual o namorado estava a usufruir na altura. Confesso que, não liguei muito, pois na época andava na universidade e tinha um quarto alugado num apartamento com outras estudantes, logo não podia participar.

 

Mais tarde, tive vários colegas a concorrer, mas eu infelizmente nunca pude tentar, visto que não tinha contrato de arrendamento. No entanto, deixo a dica para os jovens leitores do Vida de Desempregada.

 

Programa Porta 65 Jovem tem como objectivo regular os incentivos aos jovens arrendatários, estimulando:

• Estilos de vida mais autónomos por parte de jovens sozinhos, em família ou em coabitação jovem;
• A reabilitação de áreas urbanas degradadas;
• A dinamização do mercado de arrendamento.

Este programa apoia o arrendamento de habitações para residência, atribuindo uma percentagem do valor da renda como subvenção mensal.

 

Podem beneficiar do Porta 65 Jovem:

 

Jovens com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 30 anos.

Casais de jovens não separados judicialmente de pessoas e bens ou em união de facto com idade igual a 18 anos e inferior a 30 anos, podendo um dos elementos do casal ter até 32 anos.

Jovens em coabitação, com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 30 anos. Caso o jovem complete 30 anos ou 32 anos, no caso de casais, durante o prazo em que beneficia do apoio pode ainda candidatar-se até ao limite de duas candidaturas subsequentes, consecutivas e ininterruptas.

 

A próxima fase de candidaturas decorre entre o dia 26 de Dezembro de 2013 e as 18 horas do dia 15 Janeiro de 2014.

 

Para mais informações consultem o site oficial.

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.