Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Receitas rápidas: Bolo de laranja

_MG_6782aa.png

Fotos: Graziela Costa

 

Há muito que queria experimentar a minha mandolina (Borner V3), mas como só faço receitas para o blogue ao fim de semana, até agora ainda não tinha tido tempo. No dia de São Valentim choveu bastante, por isso eu e o meu namorado ficámos em casa e decidimos fazer um bolo juntos. Ele tem muito jeito para bater claras em castelo e quando chegou a hora de cortar as laranjas para o bolo foi a animação total. Há muito que não nos divertiamos assim, por isso hoje partilho convosco a minha receita de bolo de laranja.

 

Ingredientes

Caramelo líquido (Royal)

Concentrado de laranja (Jusanté)

2 laranjas (orgulhosamente do quintal de casa dos meus pais)

Canela moída (Margão)

150ml de margarina (Vaqueiro Líquida)

1 copo de farinha com fermento para bolos

2 copos de açúcar

4 ovos

 

Preparação

1. Bata as gemas de ovos com o açúcar.

2. Numa taça à parte bata as claras em castelo.

3. Adicione manteiga, as claras e a farinha mexendo sempre. 

4. Acrescente 4 tampas de concentrado de laranja e uma pitada de canela.

5. Corte as laranjas em rodelas (usei o corte básico da Borner V3). Raspe os cantos com a ajuda de um ralador e deite sobre a massa do bolo para dar sabor.

6. Unte uma forma com caramelo líquido e "cole" as rodelas de laranja no fundo e dos lados.

7. Deite a massa e leve ao forno a 180º durante cerca de 40 minutos. 

 

_MG_6718a.png

_MG_6721aa.png

_MG_6725aa.png

_MG_6693aa.png

_MG_6696aa.png

_MG_6764aa.png

_MG_6780aa.png

_MG_6794aa.png

Graziela

World Baking Day: Bolo de laranja com cobertura de chocolate

 Fotos: Graziela Costa

 

Este domingo comemorou-se o World Baking Day, mas como não estive em casa não consegui postar as fotos a tempo. Por isso, ainda que um pouco atrasado aqui fica o meu bolo para comemorar este dia. Já agora, obrigada à Vaqueiro pelo convite para participar nesta iniciativa. Para o ano quero repetir!

 

Ingredientes

 

Bolo

4 ovos
1 chávena de Açúcar Moreno Sores

1/2 chávenas de farinha com fermento para bolos Nacional

Meia chávena de Vaqueiro líquida

1 cálice de licor Pimentinha (Chocolate e Piri-Piri) da Chocolicor

 

Recheio

Marmelada de laranja e whisky da Mackays

 

Cobertura

Meia tablete de Pantagruel

100ml de Natas Dolce Fanny - Sodifer

 

Preparação

1. Bata as gemas de ovos com o açúcar moreno.

2. Junte um cálice de licor e misture bem. 

4. Numa taça à parte bata as claras em castelo.

3. Adicione manteiga, as claras e a farinha mexendo sempre. 
4. Deite numa forma previamente untada com manteiga e farinha e leve ao forno médio durante cerca de 40 minutos.

5. Desenforme o bolo e deixe arrefecer um pouco. 

6. Com a ajuda de uma linha circule o bolo e parta a toda a volta.

7. Recheie com a marmelada de laranja.

8. Num tacho em lume brando misture as natas e o chocolate.

9. Barre o bolo com o preparado e decore com bolacha de canela esmigalhada.

10. Conserve no frigorifico até à hora de servir.

 

PS: Podem votar nesta receita para o concurso do World Baking Day da Vaqueiro aqui.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Graziela

Receitas rápidas: Laranja caramelizada com flôr de sal

 Fotos: Graziela Costa

 

Para variar, trago-vos uma sobremesa e como já sabem a minha premissa é sempre ser rápido e fácil de fazer. Por isso aqui fica a receita das laranjas caramelizadas com flôr de sal. 

 

 

Ingredientes

Laranjas

Azeite (usei al Canet)

Mel de Rosmaninho (usei Serramel)

Flôr de Sal (usei Salinas Varzea da Marinha)

Folhas de Menta (usei Aromáticas Vivas)

 

Preparação

1. Descasque as laranjas e corte em rodelas.

2. Leve ao lume uma colher de mel e um fio de azeite.

3. Mexa até fazer caramelo.

4. Regue o caramelo sobre as laranjas.

5. Deite umas pedrinhas de flôr de sal sobre as laranjas.

6. Decore com folhas de menta.

 

 

 

 

As tábuas presentes nesta receita são Gradirripas e por acaso estão em promoção na Goodlife, caso queiram espreitar.

 

 

 

Graziela

Receitas rápidas: Iogurtes caseiros com compota

 

Fotos: Graziela Costa 

 

O leite é um alimento que desde sempre me fez alguma espécie e até aos 23 anos, não bebia leite de forma nenhuma. Para colmatar a minha necessidade de cálcio, quando era pequena, os meus pais compraram uma iogurteira. Confesso que não me lembro de ver a minha mãe a fazer os iogurtes, apenas me lembro de os comer, mas ultimamente, tenho vindo a ganhar cada vez mais o gosto pela cozinha e depois de ter visto alguns blogs que mostravam receitas de iogurtes caseiros, decidi experimentar. Claro que, eu andei a alterar a receita e aqui vos deixo a minha, quem sabe em vossa casa também não existe uma iogurteira pronta para voltar ao trabalho.

 

Ingredientes

1 litro de leite gordo (também podem usar leite meio gordo)

2 colheres de leite em pó

2 colheres de açúcar

1 iogurte natural

Compotas variadas (usei a compota de laranja e a de tomate - Doces da Puri)

 

Preparação

1. Numa taça funda misture o iogurte com o leite em pó e o açúcar.

2. Acrescente o leite gordo e mexa bem.

3. Deite a compota nos copos de iogurte.

4. Verta o preparada para os copos. 

5. Tape os copos e coloque na iogurteira durante 8 horas.

6. Leve ao frigorifico durante umas horas (eu deixei de um dia para o outro).

7. Desfrute!

 

Atenção, podem fazer os iogurtes com a compota no fundo ou podem fazer naturais.

 

 

 

No Natal passado, ofereceram-me umas compotas "Doces da Puri" e achei o conceito tão giro, que decidi contactar a Puri. Ora, estes doces começaram por ser uma forma de aproveitar a fruta de uma quinta na aldeia de Parambos (Bragança), mas actualmente tornaram-se uma marca que oferece uma gama alargada de compotas, biscoitos doces e salgados, vinagres de frutas, mel, etc.

 

Recentemente, tive também a oportunidade de conhcer a própria Puri, uma senhora brasileira radicada em Portugal e com um espirito empreendedor fora do comum, pois os "Doces da Puri" ajudaram também a própria comunidade onde ela vive. Isto é, as frutas são apanhadas de terrenos cujos os donos tinham deixado de cultivar e a marca dá emprego a várias doceiras da zona.

 

Os Doces da Puri podem ser encontrados em algumas lojas e eventos gourmet, mas também podem ser adquiridos na sua loja online. Já agora, existem 56 diferentes variedades de compotas, uma linha de biscoitos doces e salgados que inclui cerca de uma dezena de referências, 2 variedades de vinagre de frutas (amora e framboesa), mel com frutos secos e ainda uma inovação muito apetecível, a “Essência de Vinho” ( redução de vinho tinto do Douro para molhos e toppings).

 

 

 

 

 

 

 

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.