Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Mamma mia: Il Matriciano Al Mare!

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0967.jpg

 Fotos: Graziela Costa

 

Se há coisa que eu gosto é de comida italiana e se já era fã do Il Matriciano, quando soube que iam abrir o Il Matriciano Al Mare fiquei logo entusiasmada, até porque geralmente, quando como comida italiana são sempre pratos de carne.

 

Aproveitando a visita da minha mãe e com o objetivo de a animar um bocadino levei-a a conhecer o Il Matriciano Al Mare (gémeo do Il Matriciano cujas reviews podem ver aqui e aqui), um restaurante mesmo ao pé da Assembleia da República, em Lisboa.

 

Com uma decoração veraneante que nos transporta para aqueles restaurantes de beira praia, o Il Matriciano Al Mare tem um ambiente super acolhedor, mas o melhor é mesmo a comida.

 

Para começar serviram-nos um folhado de peixe super crocante com um molho de tomate delicioso. Depois degustámos alguns pãezinhos acabados de fazer, neste caso de alecrim, de tinta de choco (parece estranho, mas era bom), entre outros e claro, provámos um prosecco (também fazem isso no Il Matriciano).

 

Como entrada escolhemos uma Bruschetta con gamberi e pomodorini e fonduta di bufala, que estava deliciosa. Principalmente os camarões que estavam mesmo no ponto! Depois provámos dois novos pratos da carta do Il Matriciano Al MareStrozzapreti con vongole e tartufo e Chicche di patate con telline, gamberi, pomodorini e rucola. Duas pastas super deliciosas e com combinações de sabores bastante diferentes. Tão boas que a minha mãe até se emocionou por lhe lembrarem a comida que comeu quando fomos a Itália.

 

Para o final deixámos as sobremesas e que sobremesas! O  tradicional Tiramisú e Mille Foglie Alle Fragole, um folhado com creme de pasteleiro e fruta fresca. Uma combinação doce, mas sem ser enjoativa.

 

Em suma:  fomos tratadas como umas "princesas" e eu estou ansiosa por lá voltar.

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0973.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0976.jpg

Pormenores que fazem a diferença

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0984.jpg

 A sala interior

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0977.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0987.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0991.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0997.jpg

Bruschetta con gamberi e pomodorini e fonduta di bufalaRestaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0999.jpg

As trufas são cortadas no momento

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1012.jpg

Strozzapreti con vongole e tartufo

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1003.jpg

Chicche di patate con telline, gamberi, pomodorini e rucola

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1009.jpg

Nhami!

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1014.jpg

Tiramisú

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1018.jpg

 Mille Foglie Alle Fragole

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-1016.jpg

As nossas sobremesas

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0980.jpg

Detalhes bonitos

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0982.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0983.jpg

Restaurante_Il_Matriciano_Al_Mare-0989.jpg

Graziela

Receitas rápidas: Bacalhau com "natas" mais ou menos light

_MG_3135-13.JPG

Fotos: Graziela Costa

 

Nos últimos dias tenho estado ausente porque estive no Nos Primavera Sound a comemorar o meu aniversário (viram a reportagem no Facebook do blogue?), mas já estou de volta e só vos digo que os próximos tempos vos reservam novidades super fixes e passatempos que vocês não vão querer perder! Até lá, partilho convosco a última receita que fiz com a minha amiga C.: bacalhau com "natas" mais ou menos light. Espero que gostem!

 

Ingredientes

(para 3 pessoas)

1 cebola média

1 embalagem de bacalhau desfiado

2 dentes de alho

3 batatas médias

Cebolinho (Aromáticas Vivas)

2 folhas de louro

1 fio de azeite (São Mamede)

Sal grosso qb. (Rui Simeão - Tavira Sal)

Pimenta preta qb.

Aneto qb. (Margão)

200ml de creme de soja (Shoyce)

Salsa (Aromáticas Vivas)

 

Preparação

_MG_3056-1.JPG

1 - Corte a cebola em rodelas (eu usei o cortador Borner V3).

_MG_3062-3.JPG

_MG_3067-4.JPG

2 - Depois corte as batatas em cubinhos (eu usei o cortador Borner V3) e leve-as a cozer num tacho durante 10 minutos. Seguidamente escorra a água e reserve.

_MG_3074-5.JPG

3 - Parta o alho em pedacinhos, junte a cebola, o louro e deite um fio de azeite.

4 - Deixe refogar até a cebola ficar dourada.

_MG_3077-6.JPG

5 - Acrescente o bacalhau desfiado e o aneto. Deixe cozinhar durante 3 a 5 minutos.

_MG_3082-7.JPG

6 - Junte o preparado de bacalhau às batatas previamente cozidas e envolva tudo com o creme de soja.

7 - Leve ao lume durante um minuto e depois deite a mistura num pirex. Leve ao forno a 180º durante 40 minutos.

8 - Delicie-se!

_MG_3094-8.JPG

_MG_3111-10.JPG

_MG_3119-11.JPG

_MG_3129-12.JPG

_MG_3101-9.JPG

 

 

 

 

Graziela

Receitas rápidas: Lasanha de courgette e pescada

_MG_3027-11.JPG

 Fotos: Graziela Costa

 

Este fim de semana passei dois dias como não tinha há muito e para comemorar eu e o meu namorado fizemos uma receita juntos: lasanha de courgette e pescada. Uma receita mais saudável, mas igualmente saborosa quando comparada a uma tradicional lasanha feita com massa. 

 

Já agora, esta receita é dedicada a ti, João porque estás sempre pronto a provar as minhas aventuras culinárias e desta vez apesar de te teres cortado à séria na mandolina em momento algum pensaste em desistir. 

 

Agora, aqui fica a nossa  "Lasanha de courgette e pescada"

 

Ingredientes

(para 2 pessoas)

1 courgette grande

1 embalagem de Filetes de Pescada

Polpa de tomate temperada com cebola e alho qb. (Flor das Hortas)

Orégãos secos qb. 

1 cebola grande

Sal grosso qb.

Azeite São Mamede

Queijo flamengo ralado

Aneto qb. (Margão)

Azeitonas pretas

Tabasco Red

 

Preparação

_MG_2965-1.JPG

1 - Descasque a cebola e a courgette.

_MG_2970-2.JPG

2 - Coza a pescada em água e sal. Posteriormente desfie e reserve (também pode aproveitar restos de pescada cozida).

_MG_2987-3.JPG

3 - Com a ajuda de um cortador (eu usei a mandolina Borner V3) parta a cebola em rodelas.

_MG_2994-4.JPG

4 - Num pirex espalhe a cebola e regue com um fio de azeite.

_MG_2998-5.JPG

5 - Parta a courgette ao meio na horizontal e depois volte a ralar como se fossem placas de lasanha.

_MG_3005-6.JPG

6 - Coloque uma camada de lasanha.

_MG_3006-7.JPG

7 - Numa tigela funda misture a pescada com a polpa de tomate, os orégãos secos e o aneto (pode colocar uns gotinhas de Tabasco Red).

8 - Deite a mistura sobre as placas de courgette.

_MG_3012-8.JPG

9 - Coloque uma nova camada de placas de courgette.

_MG_3014-9.JPG

10 - Polvilhe com queijo ralado. Decore com azeitonas e orégãos secos.

11 - Leve ao forno a 180º durante cerca de 40 minutos.

_MG_3024-10.JPG

Nhami!

_MG_3038-13.JPG

_MG_3047-14.JPG

Graziela

Receitas rápidas: Empadão de atum

_MG_6744aa.png

Fotos: Graziela Costa

 

Quando andamos na faculdade aprendemos a fazer milhentas receitas com atum e uma das que eu mais gostava, e melhor me saída era mesmo o empadão de atum. Como há uns tempos partilhei convosco a minha receita de empadão de carne, hoje partilho um de peixe e quem sabe um dia destes também não faço um empadão de legumes. 

 

Se querem um prato rápido e que 90% das pessoas gosta, esta é a receita certa. 

 

Ingredientes

1 Lata de Atum (A Tua Despensa)

Puré de batata (A Tua Despensa)

Leite meio gordo (A Tua Despensa)

Aneto qb. (Margão)

 2 colheres de sopa de Cebola Picada (Flor das Hortas)

Polpa de Tomate (Flor das Hortas)

Pimenta Preta moída qb.

1 colher de sopa de Margarina (Vaqueiro Líquida)

Sal q.b. (Rui Simeão - Tavira Sal)

Tabasco Red

Azeitonas (do quintal dos meus pais)

 

Preparação 

1. Escorra o óleo do atum. Numa frigideira prepare um refogado (o atum fica sempre com um pouco de óleo, por isso não vai queimar) com  a cebola picada. Deixe alourar.

2 - Tempere com aneto e umas gotinhas de Tabasco.

3 - Leve ao lume e deixe cozer em lume brando.

4 - Vá mexendo de vez em quando e acrescente 2 ou 3 colheres de polpa de tomate. Quando o atum já tiver formado um molho cremoso retire do lume.

5 - Num tacho faz-se o puré seguindo as instruções da embalagem, acrescenta-se uma colher sopa de margarina e tempera-se com sal e pimenta a gosto.

6 - No fundo de um pirex coloca-se uma camada de puré, depois uma camada de atum e mais uma camada de puré.

7 - Decore com azeitonas. Também pode colocar uma gema de ovo batida, mas eu gosto mais do sabor do puré tostadinho. 

 

Acompanhe com bom um vinho branco fresco. Eu acompanhei com Pé Posto Branco Reserva 2011 (Quinta de Mosteirô).

 

_MG_6734aa.png

_MG_6745aa.png

_MG_6752aa.png

_MG_6757aa.png

_MG_6877aa.png

_MG_6687aa.png

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.