Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Receitas rápidas: Salada de verão

Salada_Pepino_Graziela-3.JPG

Fotos: Graziela Costa 

 

Apesar de ser super fã de legumes cozidos não sou grande fã de saladas, mas desde que comecei a minha dieta, há seis meses atrás, que tento fazer um esforço para ir comendo algumas saladas, até porque senão aborreço-me de comer sempre brócolos, couves e feijão verde cozido.

 

Outro dia decidi juntar os vários restinhos de legumes que tinha cá por casa, parti tudo em pedaços, com a mandolina da Borner, juntei-lhe uns pedaços de queijo cabra, uma mão cheia de sementes, uns croutons e voilá! Uma salada colorida e acima de tudo saudável! 

 

Ingredientes

2 tomates

Um pouco de pepino

Orégãos secos qb.

1 colher de sopa de sementes de linhaça (Sementina)

1 conhecer de sopa de sementes de girassol (Sementina)

1 mão cheia de croutons com tomate e orégãos (Picagrill)

1 fio de Azeite São Mamede

Sal fino qb.

Uns pedaços de queijo cabra (Palhais)

 

Preparação

1 - Corte os legumes em pedaços.

2 - Corte o queijo em tirinhas.

3 - Misture tudo.

4 - Tempere com sal, azeite e óregãos.

5 - Deite as sementes e os croutons por cima.

6 - Acompanhe com um sumo natural e para sobremesa sugiro uma gelatina light.

 

Salada_Pepino_Graziela-1.JPG

Salada_Pepino_Graziela-2.JPG

Salada_Pepino_Graziela-4.JPG

 

_SAM6134a.png

Graziela

Receitas rápidas: Lasanha de courgette e pescada

_MG_3027-11.JPG

 Fotos: Graziela Costa

 

Este fim de semana passei dois dias como não tinha há muito e para comemorar eu e o meu namorado fizemos uma receita juntos: lasanha de courgette e pescada. Uma receita mais saudável, mas igualmente saborosa quando comparada a uma tradicional lasanha feita com massa. 

 

Já agora, esta receita é dedicada a ti, João porque estás sempre pronto a provar as minhas aventuras culinárias e desta vez apesar de te teres cortado à séria na mandolina em momento algum pensaste em desistir. 

 

Agora, aqui fica a nossa  "Lasanha de courgette e pescada"

 

Ingredientes

(para 2 pessoas)

1 courgette grande

1 embalagem de Filetes de Pescada

Polpa de tomate temperada com cebola e alho qb. (Flor das Hortas)

Orégãos secos qb. 

1 cebola grande

Sal grosso qb.

Azeite São Mamede

Queijo flamengo ralado

Aneto qb. (Margão)

Azeitonas pretas

Tabasco Red

 

Preparação

_MG_2965-1.JPG

1 - Descasque a cebola e a courgette.

_MG_2970-2.JPG

2 - Coza a pescada em água e sal. Posteriormente desfie e reserve (também pode aproveitar restos de pescada cozida).

_MG_2987-3.JPG

3 - Com a ajuda de um cortador (eu usei a mandolina Borner V3) parta a cebola em rodelas.

_MG_2994-4.JPG

4 - Num pirex espalhe a cebola e regue com um fio de azeite.

_MG_2998-5.JPG

5 - Parta a courgette ao meio na horizontal e depois volte a ralar como se fossem placas de lasanha.

_MG_3005-6.JPG

6 - Coloque uma camada de lasanha.

_MG_3006-7.JPG

7 - Numa tigela funda misture a pescada com a polpa de tomate, os orégãos secos e o aneto (pode colocar uns gotinhas de Tabasco Red).

8 - Deite a mistura sobre as placas de courgette.

_MG_3012-8.JPG

9 - Coloque uma nova camada de placas de courgette.

_MG_3014-9.JPG

10 - Polvilhe com queijo ralado. Decore com azeitonas e orégãos secos.

11 - Leve ao forno a 180º durante cerca de 40 minutos.

_MG_3024-10.JPG

Nhami!

_MG_3038-13.JPG

_MG_3047-14.JPG

Graziela

Receitas rápidas: Massada à minha maneira

_MG_2871-4.JPG

Fotos: Graziela Costa

 

Eu sou uma "marmita lover" e todos os dias levo religiosamente a minha lancheira para o trabalho. Este foi um hábito que ganhei no meu primeiro estágio, em 2010, e até hoje levo sempre um lanchinho para onde quer que vá. É económico, pois não gasto dinheiro em refeições fora, mas também é uma forma de controlar a minha dieta, ainda que a receita que vos trago hoje seja um pouco calórica.

 

Esta receita surgiu de um desafio que SmartLunch fez a 50 bloggers, no sentido de criarem uma receita para levarem na SmartBento. Eu fiz uma massa super simples, mas bastante saborosa e que levei muitas vezes para os meus almoços quando estava nesse primeiro estágio (agora, é mais legumes com peixe cozido eheheh).

 

Sem mais demoras, aqui fica uma massa à minha maneira.

 

Ingredientes

(para mais do que uma refeição)

1 punhado de massa esparguete

1 colher de sopa de Azeite São Mamede

Margão Segredos Alho e Salsa 

Sal com orégãos (Salinas Várzea da Marinha)

1 cebola pequena

1 lata de atum

Pedacinhos de bacon cortados grosseiramente

1 punhado de mistura de sementes Rise Live (Origens Bio)

1 punhado de sementes de girassol (Sementina)

200ml de Creme de Soja (Shoyce)

1 lata pequena de cogumelos laminados

 

 

Preparação

1. Parta a cebola em pedaços.

2. Num tacho leve a alourar num fio de azeite, com o bacon já partido em pedaços. 

3. Quando o bacon já estiver tostadinho retire do lume e reserve.

4. Deite a água quente (aqueçam com o fervedor eléctrico, pois fica mais barato), o sal e a massa.

5. Deixe cozinhar em lume brando.

5. Num tacho à parte coloque as natas, o atum escorrido, os cogumelos e bacon.

6. Tempere com sal, Margão Segredos Alho e Salsa  e deixe cozinhar em lume bando.

7. Quando a água da massa já tiver escorrido quase toda, acrescente a mistura do atum, bacon e cogumelos.

8. Envolva bem e acrescente as sementes.

9. Sirva quente e reserve um pouco para a marmita do dia a seguir. 

 

_MG_2823-1.JPG

Marmita SmartBento (SmartLunch)

Lancheira (Donna Xica)

_MG_2856-2.JPG

_MG_2865-3.JPG

_MG_2886-5.JPG

_MG_2894-7.JPG

Graziela

Receitas rápidas: Bacalhau à Brás

_MG_8152aa.png

Fotos: Graziela Costa

 

Recentemente, a minha mãe veio visitar-me e por isso decidimos fazer uma receita que ambas gostamos muito: bacalhau à Brás. Como não nos apeteceu ir ao supermercado comprar batatas e alhos, decidimos improvisar com os ingredientes que tínhamos e fizemos um bacalhau à Brás à nossa maneira. É simples e fica bem em qualquer mesa. 

 

Bom apetite!

 

Ingredientes

Pimenta preta q.b.
500g de bacalhau desfiado demolhado ultracongelado (deixei descongelar umas horas antes)
1 embalagem de Forno Chips (Mccain)
20g de salsa fresca (Aromáticas Vivas)
150g de cebolas (partidas em meias luas)
20g de alho negro (Balsagro)
2dl de azeite (São Mamede)
50g de azeitonas (orgulhosamente do quintal dos meus pais)
 
Preparação
1 - Cozinhe as batatas no forno segundo as instruções da embalagem (em alternativa use batata palha ou parta algumas batatas em palitos finos e frite em óleo bem quente).

2 - Leve ao lume num tacho grande: o azeite com o alho negro, picado e a cebola, em meias luas muito finas. Deixe alourar. Tempere com sal e pimenta preta. Deixe refogar durante 5 minutos, para a cebolada ficar bem mole.

3 - Depois junte o bacalhau, envolva bem e deixe cozinhar em lume brando. Adicione as batatas, os ovos batidos com salsa e mexa tudo rapidamente.

4 - Decore com azeitonas pretas e salsa fresca.

5 - Acompanhe com bom um vinho branco fresco. Eu acompanhei com Pé Posto Branco Reserva 2011 (Quinta de Mosteirô).

_SAM3609aa.png

_MG_8122aa.png

_MG_8126aa.png

_MG_8129aa.png

_MG_8145aa.png

_MG_8166aa.png

mcc_bit_forno_chips_600g_rgb.jpg

Graziela

Receitas rápidas: Salada com sementes e queijo

_MG_6548aa.png

Fotos: Graziela Costa

 

Depois de partilhar convosco as minhas dicas para matar as gordurinhas partilho também uma receita bem saudável, perfeita para um jantar leve ou um almoço rápido.

 

Ingredientes

Alface

Sementes de girassol

Azeite (São Mamede)

Mistura de sementes Rise & Live (Origens Bio)

Sal fino qb.

Queijo Leerdammer

 

Preparação

1 - Lave a alface e parta em pedaços.

2 - Deite um punhado de mistura de sementes Rise & Live e algumas sementes de girassol sobre a alface.

3 - Parta o queijo em pedaços e deite sobre a salada.

4 - Tempere com sal e um fio de azeite.

 

Podem também acrescentar alguns orégãos. 

_MG_6557aaa.png

_MG_6573aa.png

_MG_6576aa.png

Graziela

Receitas rápidas: Caril de grão com arroz branco

_MG_6489aa.png

Fotos: Graziela Costa

 

No último almoço de grupo que fiz no meu antigo emprego, um colega de trabalho levou caril de grão e desde essa altura que fiquei com vontade de experimentar essa receita. Este fim de semana não tive tempo de ir às compras, por isso decidi improvisar com os ingredientes que tinha cá em casa e fiz um caril à minha maneira.

 

Já agora, peço desculpa pela minha ausência nestes dias, mas brevemente vou contar-vos tudo. Agora, deixo-vos uma receita que de certeza vou voltar a repetir muitas vezes.

 

Ingredientes

400g de grão (A Tua Despensa)

1 embalagem de tofu refrigerado

200g de soja grossa

Orégãos qb. (Love Oregano)

Salsa fresca (Aromáticas Vivas)

Caril pré-cozinhado (Incopil)

Leite de côco (Lidl)

Sal grosso qb. (Rui Simeão Tavira Sal)

Leite meio gordo (A Tua Despensa)

1 copo de arroz carolino (Bom Sucesso)

100ml de água para o caril

2 copos de água para o arroz

1 colher de sopa de cebola picada (Flor das Hortas)

1 colher de sopa de azeite (São Mamede)

 

Preparação

1 - Deite soja numa taça com água e deixe demolhar durante um dia.

2 - Parta o tofu em pedaços.

3 - Num tacho junte o caril, o grão, o tofu e a soja previamente demolhada.

4 - Acrescente 100ml de água e deixe ferver durante 10 minutos.

5 - Junte 150ml de leite meio gordo e 100ml de leite de côco.

6 - Deixe ferver em lume médio durante 25 minutos. Vá mexendo de vez em quando.

7 - Tempere com um pouco de orégãos, salsa fresca e sal. 

8 - Num tacho à parte faz-se um refogado com azeite e cebola.

6 - Deitam-se dois copos de água e deixa-se cozer cerca de 5 minutos.

7 - Assim que a água começar a ferver deita-se o sal e um copo de arroz.

8 - Quando a água começar a ferver outra vez mexe-se o arroz e deixa-se cozer em lume brando (até este secar e ficar solto).

_MG_6545aa.png

_MG_6534aaa.png

_MG_6519aa.png

Uma nota, a tábua presente nesta receita é da WoodFlavours, uma marca de tábuas de apresentação em madeira de pinho natural. Estas tábuas apresentam-se em vários formatos e podem ser vistas aqui. Eu estou apaixonada pela minha tábua em forma de lágrima. É super gira, não é?

 

_MG_6474a.png

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.