Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Desempregada

Um blogue de lifestyle para todos os orçamentos!

Passatempo Sonhos de Uma Rapariga Quase Normal / Vida de Desempregada

Capa-Rita_FINAL_300dpi.jpg

Lembram-se da minha review do livro Sonhos de uma rapariga quase normal" (Editora Guerra & Paz)? Pois é, este livro composto por 40 ilustrações e 40 sonhos, que são como que crónicas do que vai na mente da Rita Redshoes é tão fixe que eu perguntei à editora se podíamos oferecer um a um(a) leitor(a) do Vida de Desempregada, assim lanço agora um novo passatempo. 

 

Para se habilitarem a este prémio basta preencherem as entradas do formulário abaixo até ao dia 31 de julho de 2015 à meia noite. Atenção, todas as entradas são obrigatórias. Este passatempo só é válido para residentes em Portugal. O(a) vencedor(a) será apurado(a) via random e contactado(a) por email. Cada pessoa só pode participar uma vez por dia.

 

Boa sorte!

 

PS: Não se esqueçam de participar nos passatempos Tampax e Typesell.

 

Graziela

Sonhos de uma rapariga quase normal

_SAM4785-23.JPG

Fotos: Graziela Costa

 

Quando era mais nova li numa revista para adolescentes, salvo erro a Ragazza, que uma das coisas mais giras para libertar a nossa criatividade era ter um bloco na nossa mesinha de cabeceira para escrevermos os nossos sonhos quando acordássemos. Durante uns tempos até tive um bloco ao lado da minha cama, mas como tenho muitas dificuldades em adormecer e quando adormeço quero aproveitar todos os minutinhos do meu sono acho que nem chego a sonhar com nada. 

 

Recentemente, ouvi dizer que a Rita Redshoes tinha lançado um livro e como sou fã dela há muitos anos e até já lhe dediquei um post no "Música às sextas" fiquei logo curiosa para o ler.  Assim, mal ele chegou a minha casa tratei logo de o folhear. "Sonhos de uma rapariga quase normal" (Editora Guerra & Paz) é composto por 40 ilustrações e 40 sonhos, que são como que crónicas do que vai na mente desta cantora super talentosa.

 

Gostei especialmente do sonho "Ópera a 360 graus", pois relata um espectáculo moderno ao qual Rita "assistiu" e ao qual eu também não me importaria de ter assistido, mas além disso admiro-a por ter conseguido registar e ilustrar tantos sonhos, aliás muitos de nós nem se lembra do que sonhou ontem...

 

Finalmente, também achei giro o facto de ela ter criado uma banda sonora para quando estamos a ler o livro. "Dreaming" não me deu sono, mas é engraçado ler um livro com música a acompanhar. 

 

Para quem tal como eu é fã da Rita Redshoes, "Sonhos de uma rapariga quase normal" (Editora Guerra & Paz) é um livro obrigatório e já se encontra à venda nas livarias de todo o país.  

_SAM4786-24.JPG

Graziela

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.