Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

My Cherry Lips

Um blog sobre moda, beleza, comida e lifestyle, onde partilho convosco tudo o que gosto e que faz parte do meu dia a dia.

Dom | 04.10.20

Comprei a minha primeira casa

Pessoal

Casa_Graziela_1.jpg

Há oito anos que quase diariamente partilho convosco o meu dia-a-dia. Conheceram-me desempregada, viram-me mudar de emprego várias vezes, acompanharam os altos e baixos da minha relação amorosa, viram-me perder o meu cão, depois o meu pai, depois a casa dos meus pais, mas nem tudo foi mau nos últimos oito anos. No entretanto, também vivi muitas coisas boas e também alcancei muitas conquistas.

 

Primeiro, adotei a minha cadela Júlia. Depois, eu e a minha mãe comprámos e pagámos em tempo recorde um apartamento para ela viver, para que nunca mais um banco lhe possa tirar o seu lar. Agora, eu comprei a minha primeira casa. 

 

O sonho de comprar uma casa em Lisboa já existia há muito tempo, mas como sabem a vida trouxe-me muitas peripécias e quando no final de agosto do ano passado decidi liquidar o empréstimo da casa da minha mãe para poder correr atrás do meu sonho, sabia que tudo ia mudar. Confesso, é que não sabia que ia ser tão rápido.

 

Ainda tinha algumas poupanças e a minha mãe também, porque ela precisa de fazer obras na casa dela para se poder mudar, mas ainda assim, decidi começar a ver casas em sites de imobiliáro. Primeiro comecei por ver casas num determinado valor (que agora tenho noção que é bastante alto) mas rapidamente percebi, que sozinha seria impossível comportar prestações naqueles montantes, se por exemplo ficasse desempregada. Assim, falei com uma amiga que trabalha num banco e perguntei-lhe quanto é que ela achava que um banco me emprestaria. Foi aí que ela me disse um valor, que neste caso era menos 50 mil do que aquilo que eu andava a ver. 

 

Comecei então uma nova procura e depois de muitas casas vistas e algumas visitas, encontrei a tal. Se era a casa dos meus sonhos? Não, não era, mas face ao que eu podia pagar, ela reunia todas as condições que eu tinha em mente.

 

É um T2, ou seja mesmo que no futuro eu tenha um bebé, não tenho de ir procurar uma casa nova logo a seguir. É perto do metro, tem vários autocarros à porta (como eu não vou ter dinheiro para um carro nos próximos tempos, tinha mesmo de ter uma boa rede de transportes), tem um espaço bom para arrumação, neste caso como é um último andar tenho acesso a um sotão e é numa zona que mesmo não sendo no centro de Lisboa tem tudo ali à mão. Para além disso, parece ser uma zona bastante familiar, por isso acho que vai ser bom para passear a Júlia.

 

Então, e porque é que esta não é a casa dos meus sonhos? Bem, ela precisa de muitas obras e depois de dar a entrada e pagar todos os tramites legais, pouco dinheiro sobrou para essas obras. Como eu não queria pedir um empréstimo pessoal e a minha mãe já me tinha ajudado financeiramente com o dinheiro que eu antes lhe havia dado para a casa dela, não tinhamos ninguém a quem recorrer, mas vamos ser sinceros, eu também não queria pedir nada a ninguém.

 

Dicidimos então perceber o que seria mais urgente arranjar na casa, para que eu possa mudar-me e pedimos alguns orçamentos. Rapidamente percebemos também que as obras seriam caras, mas felizmente a internet também coloca boas pessoas na nossa vida e o pai do meu amigo Vítor com a ajuda de alguns colegas está a tratar da casa. Entretanto, eu e a minha mãe estamos a reformar os meus móveis, porque lá está, não há dinheiro para outros neste momento e conto mudar-me lá para o fim do mês.

 

Tem sido uma jornada de muita poupança, que tem tido um grande impacto tanto na minha vida, quanto na da minha mãe, mas acho que é um orgulho para ambas e uma maneira de vos mostrar que os nossos sonhos não são impossíveis e que sim, dão bastante trabalho, mas valem a pena.

 

Em suma: este post não é para queixar-me "ah e tal comprei uma casa e agora não tenho dinheiro", pelo contrário, este post é para partilhar convosco mais uma etapa da minha vida. Mais uma em que vou lutar, vou vencer e vou ter a casa dos meus sonhos.

 

Agora, deixo-vos uma fotografia da Júlia, mestre de obras e a empty tour da minha casa. Além disso, se forem ao meu instagram podem ver todas as remodelações que temos feito nos móveis, os projetos de DIY e o estado das obras. Passada esta fase vamos para decoração e eu já comecei a sonhar!

 

Casa_Graziela_2.jpg

 

A empty house tour

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Graziela 🍒 Lifestyle Blogger (@mycherrylipsblog) a

Graziela

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Graziela Costa 🍒 06.10.2020

    Obrigada! :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.